« Google Chrome 4.0 Beta (Build 211.4) (act.) VirtualDub 1.9.6 »
20/09/2009
Escrito por em Análises | 8.319 Leituras

Já falamos dele no final de Junho, mas só agora, através da alemã PC Games Hardware e da chinesa HKEPC Hardware, é que são publicados os detalhes mais íntimos deste novo super processador, processador que já tem garantida a designação de Extreme Edition.

Intel-Core-i9-Gulftown-01

Construídos com um processo de 32nm (geração Westmere), os processadores “Gulftown” são processadores de 6 núcleos de processamento que integram tecnologia HyperThreading (algo esquecida com o lançamento dos Core 2 Duo – 6 cores, 12 threads) e com velocidades de 2,4GHz.

Como os mais recentes processadores da Intel no mercado, este processador terá também o Turbo Boost que aumenta automaticamente o desempenho (ou seja, aumenta a velocidade do processador) em conformidade com a necessidade de processamento.

Intel-Core-i9-Gulftown-02

Terá também 6x256KB de Cache L2 e 12MB de Cache L3, controlo integrado de memória DDR3 em triple channel, sendo compatíveis com as actuais plataformas com o chipset X58 e o socket LGA-1366, já utilizadas pelos “Bloomfield” Core i7. O processador tem um UDP de 130 Watts.

Mas certamente teoria não chegará para vos convencer. Que tal testes práticos?

Foi o que fez o segundo site mencionado em cima, o HKEPC Hardware, um dos poucos sites que conseguiu pôr as mãos num “destes meninos” e comparou-o com um Core i7 de testes, ambos a 2,4 GHz.

Plataforma de testes:

corei9_test

Testes PC Mark:

corei9_test2

Testes com o Cine Bench R10:

corei9_test3

Testes com o Sandra 2009:

corei9_test4

Testes com o ScienceMark 2.0:

corei9_test5

Teste com Microsoft Excel 2007:

corei9_test6

Teste com Microsoft Office 2007:

corei9_test7

Teste com o Windows Vista, Photoshop CS4 e Mainconcept H.264 Encoder:

corei9_test8

Testes 3D de jogos:

corei9_test9

Na grande maioria dos testes realizados, comprova-se que o “Gulftown” consegue ser superior ao “Bloomfield” comparado, sem margem para dúvida. A diferença pode não ser notória no que respeita a jogos, mas quando se trata de processamento bruto, este processador ajuda, e de que maneira.

Em relação às temperaturas, este processador demonstra ser mais fresco, tanto em Idle com em Full Load, o que significa maior espaço de brincadeira quando for necessário aplicar alguma performance extra através dos processos de overclock.

corei9_test10

Será que a AMD vai ficar de braços cruzados? A resposta é simples, não. A AMD encontra-se também a preparar um processador de 6 núcleos, de nome código “Thuban”, para o mercado de consumo final. Este processador terá interface AM3, 6×512 de Cache L2, 6MB de Cache L3 e suportará memórias DDR3-1333 em dual-channel.

Agora só falta o essencial, os preços, que se adivinham ser demasiado caros (possivelmente acima dos 1000 Euros).

Este artigo foi escrito por em 20 Set, 2009, e está arquivado em Análises, Componentes, Componentes, Destaques. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
8 comentários em ““Gulftown” Core i9 chegam apenas na Primavera”
  1. 1000€ fogo vão roubar para a estrada!!!!!!!!
    sendo assim se pensar adquirir um destes processadores escolheria o thuban para alem de ser mais barato a diferença de performance não deve de ser muita e em jogos em resoluções mais altas a AMD deve de ficar afrete como os phenom II

  2. Tenho a certeza que vão ser acima dos 1000€ :(

  3. 6*512 MB de cache L2?

  4. ahh, vi mal 6*512 Mb de cache L2,lol

  5. ''resoluções mais altas a AMD deve de ficar afrete como os phenom II ''

    resoluções altas tem mais a ver com grafica do qe cpu…
    de certo ja repararam qe as ati's X2 ( HD 4870×2 ) sempre estiveram, e em alguns jogo ainda estao, a cima das nvidias GTX295 no qe toca a resoluçoes enormes….2xxx X 2xxx……
    isso deve-se mutio ao facto de essas graficas terem um elevado numero de stream processors…

    mas tambem nao vale a pena ter uma grafica destas…se depois para acompanhar houver um celeron e 1Gb de ram… x'D

  6. é, 1000 euros vai ser mt caro, deve chegar aki uns 3000 reais, julgando que o euro ta uns 2,80 reais e tem mais impostos e o povo vai querer lucrar tb, 3000 reais num processador nao vale a pena nao, com 3000 reais compra-se um quad hoje com tudo que tem direito, placas de video boas, 4gb ram tranquilo ddr3 com alta frequencia e se brincar ainda sobra …

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: