« Convites para o Google+ deixa de ser necessário a partir de 31 de Julho de 2011 Notepad++ 5.9.3, um dos melhores editores de texto »
25/07/2011
Escrito por em Destaques | 2.984 Leituras

Já muito foi debatido em relação à segurança dos computadores da Apple, principalmente nas comparações com o seu congénere PC. Apesar do debate andar em torno dos vírus nos softwares, eis que surge a notícia que coloca em cheque os Macbooks. O problema? As baterias dos mesmos…

As baterias não são apenas uns pedaços de lítio de modo a fornecer alguma energia aos nossos portáteis quando estes não estou ligados à corrente. Trazem consigo um chip que permite o controlo da bateria, como por exemplo para o corte do carregamento da mesma quando esta está totalmente carregada e ainda permanece ligada à corrente. Adicionalmente e igualmente importante, está a função em regular a própria temperatura da bateria por motivos de segurança.

O investigador de segurança Charlie Miller encontrou uma vulnerabilidade encontrada nos Chips das baterias de diversos Macbooks, Macbooks Pro e Mackbooks Air. A vulnerabilidade encontrada nestes equipamentos é que os Macbooks são vendidos com a password padrão de acesso ao Chip da bateria. Segundo o investigador, quem tiver conhecimento da password de acesso e consiga controlar o firmware das baterias poderá inutiliza-las para sempre, implementar Malware nas baterias que iria afectar o computador mesmo com reinstalação do software ou alterando os limites de segurança da temperatura da bateria permitindo que a temperatura aumente ao ponto de pegar fogo ou mesmo explodir.

A possibilidade de explosão das baterias não foi explorada fisicamente, devido ao investigador ter estado a explorar essa vulnerabilidade em casa e portanto, segundo o mesmo, não estava disposto a provocar qualquer tipo de explosão em casa. Contudo afirma haver espaço essa ocorrência, segundo as suas descobertas.

Será que esta descoberta não pode levar a uma exploração maior da vulnerabilidade? Claro que sim! Por esse mesmo receio, o investigador já recebeu várias mensagens de outros investigadores para que este pare a sua investigação de modo a não provocar uma avalanche de exploração da vulnerabilidade exposta. A melhor parte desta questão é que o próprio Charlie Miller vai expor este caso na conferência Black Hat que vai ter lugar em Agosto, mas vai expor a vulnerabilidade encontrada, como a solução encontrada pelo mesmo para corrigir a vulnerabilidade encontrada. Sendo que a principal recomendação do investigador à Apple é a de não uso da password padrão nas suas baterias.

As vítimas de Charlie Miller:

O caso retratado por Miller refere apenas os Macbooks e a Apple mas nada é referido quanto aos restantes portáteis “PC”. Esperemos que mesmo que os portáteis “PC” tenham a mesma vulnerabilidade, os responsáveis estejam atentos a este problema gravíssimo.

Opiniões, posições e oposições –> Comments Section!!

Este artigo foi escrito por em 25 Jul, 2011, e está arquivado em Destaques. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
1 comentário em “Será a bateria o tendão de Aquiles dos Macbooks?”
  1. Freewarelover diz:

    Isto costuma acontecer quando precisamente se tenta poupar o máximo possível a produzir um hardware mas se tenta vendê-lo como se de um produto de luxo se tratasse. Eu gosto da Apple e dos seus produtos em geral mas cada vez que vejo notícias como esta fico com a ideia que se tenta criar algo baratuxo para ser vendido a preços astronómicos não importando se causamos explosões ou eventuais danos aos nossos consumidores que são, aparentemente, parvos o suficiente para continuar a gerar milhões e milhões de lucro a uma empresa ditadora que só sabe impor-se a tudo e a todos inclusivamente os seus consumidores…

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: