« Robot humanóide da NASA é activado na Estação Espacial Internacional Evernote 4.5.1.5432, nunca mais perca as suas notas »
22/09/2011
Escrito por em Destaques | 1.896 Leituras

Ainda recentemente a Mozilla decidiu impor o target de lançar uma nova versão do seu browser a cada 6 semanas! Mesmo assim, a equipa por detrás do browser acham que conseguem ultrapassar esta barreira! Os detalhes estão a um clique de distância!

É importante de lembrar que a estagnação do browser em 2008 fez com que fosse necessário esperar cerca de 3 anos para vermos o salto do Firefox 3 para o Firefox 4. A Mozilla estava constantemente a verificar que o seu 2º lugar estava a ser rapidamente consumido pela ascensão meteórica do Google Chrome, por isso mesmo antes do lançamento da versão 4 do seu browser, prometeu que iriam sair ainda este ano, as versões 5, 6 e 7. Para consolo de todos os seus utilizadores, a promessa manteve-se e vamos já com a versão 6.0.2 deste browser mundialmente conhecido. Para possibilitar estes lançamentos “quase” sucessivos, a Mozilla impôs um plano rigoroso de sair uma nova versão a cada 6 semanas. Mesmo assim, a fundação garante que consegue encurtar este ciclo para, pelo menos, 5 semanas!

Segundo os engenheiros por detrás do projecto, a transição para o lançamento de uma nova versão a cada 6 semanas foi um processo pacífico e as sinergias criadas permitem diminuir, ainda mais, o tempo de lançamento entre as versões. A intenção por detrás desta vontade é a de conseguirem assim responder mais rapidamente aos possíveis bugs que as versões tenham, assim como limitar o impacto das sucessivas versões lançadas pela concorrência.

Contudo, nem toda a equipa da fundação partilha de todo este entusiasmo criado à volta do potencial encurtamento no ciclo de lançamentos. Alguns engenheiros referem que o espaço de 6 semanas já é bastante curto e que não possibilita a integração de características realmente inovadoras e diferenciadoras da restante concorrência, temendo assim pelo descrédito do valor acrescentado das novas versões lançadas e a lançar.

Um dos problemas levantados relativo ao curto espaço de desenvolvimento de novas versões, diz respeito à característica do Firefox que cativou milhares de utilizadores – os plugins. A questão dos plugins levanta-se devido o espaço entre versões ser muito curto e não permitir o teste exaustivo à perda de compatibilidade entre versões dos plugins. O problema no sucedimento do descrito tem duas frentes: o facto de os criadores destes plugins poderem sentir-se frustrados pela constante actualização que terão de efectuar às suas criações para as manter compatíveis entre versões. A debandada deste núcleo forte do Firefox não será de todo o que a Mozilla pretende. A outra frente prende-se com os beneficiários dos plugins, os utilizadores, que teriam de procurar novas alternativas aquando do surgimento de novas versões, ficando impossibilitados de continuar a utilizar os seus plugins favoritos.

E vocês? Que acham desta ideia da Mozilla? É necessária? Se não o fizer irá perder demasiada quota de mercado? Ou, simplesmente, o Firefox já não é o que era?

Opiniões, posições e oposições –> Comments Section!!

Este artigo foi escrito por em 22 Set, 2011, e está arquivado em Destaques. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
3 comentários em “A equipa da Mozilla prepara-se para colocar ciclo do FireFox em Overdrive”
  1. O Firefox é o meu browser preferido muito pelos imensos plugins compatíveis que tem. Para mim o seu único defeito é o enorme consumo de memória.
    Relativamente a este notícia temo muito que este encurtamento que a equipa da Mozilla quer fazer entre releases, vá levar à incompatibilidade de muitos plugins e consequentemente à exaustão da paciência das pessoas que poderá em última análise levar à troca de browser de outro fabricante concorrente!

  2. Não acho isto muito saudável.. mais vale demorar mais e mostrarem mais do que updates sucessivos em que não se vê nada.

  3. Quem dirá mazelas se ao passo dos aperfeiçoamentos(Firefox 7.0 consome 20%menos memória) os browser mais populares corram à aperfeiçoar seus produtos?Chrome era projeto quando Mozilla adentrou à disputar com IE,que para mim só tem uma serventia:baixar o Firefox.
    Plugins serão problema?Duvido…
    Pois:Defalt zoom level,Memoryfox,Rikaichan,Flagfox,Adblock Plus,e WOT continuam os mesmos,só o Java não se adaptou..isto é óbvio que são interesses obscuros,pois uma empresa como a Sun,porque não atualizaria seus complementos?

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: