« Youtube apresenta evolução com novo visual Ainvo Registry Defrag, convém desfragmentar o registo do Windows! »
12/11/2011
Escrito por em Destaques | 1.571 Leituras

Desde a proclamação da ineficiência do Adobe Flash por Steve Jobs para os dispositivos móveis, que a tecnologia da Adobe tem estando em constante fogo com a admissão de apoiantes e protestantes de cada lado das barricadas. A verdade, é que a tecnologia Flash da Adobe continua a ser uma grande miragem na maior parte dos dispositivos móveis, com os equipamentos com hardware mais generoso a poderem usufruir desta tecnologia. A adesão ao novo HTML5 fez com que a Adobe anuncia-se o esperado -- o fim do suporte ao Adobe Flash para os dispositivos móveis! Todavia, o funeral anunciado não implica que a Adobe não continue a lançar updates de segurança para o mesmo. Confuso? Então conheça os detalhes!

(inclui nova rubrica WeeKenD Edition)

A Adobe decidiu oficialmente retirar a tecnologia Flash player móvel das máquinas de suporte de vida. Após a aquisição da Macromedia em 2005, a Adobe pretende agora deixar cair por terra o seu investimento e dedicar-se à transição para o HTML5 como o futuro standard da web. No mesma declaração, a empresa reitera que será lançado um último update, a versão 11.1.

Este anúncio teve várias consequências com as acções da Adobe a caírem 8% após o anúncio! Os analistas temem que esta descida poderá ser apenas um prenúncio, visto que a passagem para o HTML5 por parte da Adobe poderá implicar que a Adobe deixa de ser a líder nas plataformas de design na web e a queda das suas acções poderão ultrapassar a queda até então.

Por seu lado, a RIM, defensora da tecnologia Adobe aquando da proclamação de Jobs, já veio afirmar que irá continuar o suporte ao Adobe Flash Player para o seu tablet BlackBerry Playbook por sua conta, mesmo com a desistência da Adobe.

Por forma a efectivar o cumprimento da sua declaração, a Adobe lançou o update para o Flash no Android, a versão 11.1.102.59! Esta versão traz alguns melhoramentos e soluções para determinados bugs, como era o caso da ausência de vídeo em alguns Samsung Galaxy SII. Adicionalmente, a visualização de conteúdos 1080p para equipamentos com a tecnologia nVidia Tegra 3.

Para juntar a esta confusão, a Adobe anunciou que irá continuar a lançar novos updates de segurança e funcionalidades (mesmo que não sejam de grande envergadura) antes do final anunciado. Assim, é esperado que o suporte do Adobe Flash para dispositivos móveis acabe… mas o seu encerramento não será abrupto como seria expectável.

Acham que o Adobe Flash tem mesmo os seus dias contados? Os dias do fim serão apenas na versão móvel? E a secção Weekend Edition? (é já a seguir)

Opiniões, posições e oposições --> Comments Section!!

WeeKenD Edition 

É PPPPPAAAARRRRRRTTTTTTOOOOOOBBBBBAAAAAAA:

Este artigo foi escrito por em 12 Nov, 2011, e está arquivado em Destaques. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
1 comentário em “Adobe Flash para dispositivos móveis chega ao fim! Ou não…”
  1. faz mt falta para sites com streams/videos embutidos

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: