« Football Manager para Android chega no dia 11 de Abril! Google Project Glas, o novo projeto da Google! »

A guerra entre os sistemas operativos Android e iOS tem-se mantido nestes mesmos parâmetros, só entre estes dois. A Microsoft há muito que se quer juntar na luta dos cobiçados lugares de pódio, mas a diferença de quota de mercado continua abismal. A empresa de Redmond considera que é uma questão de incentivos e está disposta a pagar por mais aplicações na sua loja virtual do Windows Phone.

A luta têm sido meramente entre os dois sistemas predominantes, o iOS e o Android, enquanto que os restantes sistemas operativos – Symbian, BlackBerry OS, Windows Phone, Bada OS – se têm mantido, ou em quotas de mercado insignificantes, ou com importâncias de mercado cada vez mais decrescentes.

A moldagem do conceito de smartphone para o uso e abuso das aplicações disponíveis em cada loja virtual correspondente, torna que a existência de uma larga vastidão de aplicações seja imperativo para qualquer sistema operativo móvel sobreviver.

Tendo em consideração que o Windows Phone Marketplace já ultrapassou a barreira das 80.000 aplicações, a Microsoft não está mais interessada na quantidade de aplicações na sua loja virtual, apesar de estar abaixo do mínimo de 500.000 aplicações que os principais  concorrentes oferecem, a gigante informática quer agora que aplicações cruciais tenham também a sua existência no Marketplace.

Segundo Holger Luedorf, responsável dos negócios da Foursquare, a criação de uma app para o Windows Phone poderia custar entre os 60.000 e os 600.000 dólares, o que já tinha levado a empresa a não considerar a sua passagem para o Windows Phone. Porém, a Microsoft dsponibilizou-se a financiar o processo de desenvolvimento, levando assim à passagem da Foursquare por terrenos do Marketplace. O responsável refere que se não fosse esse apoio, provavelmente não teriam desenvolvido a aplicação.

O mesmo se pode dizer da Cheezburger Network, especialista em sites de entretenimento, que refere que a passagem para o Windows Phone foi fácil devido à Microsoft ter tornado a passagem bastante simples, pois a empresa de Steve Ballmer tratou de tudo.

Não se sabe ao certo os incentivos específicos de todas os investimentos que a Microsoft está a fazer no campo das aplicações, mas as declarações do director de marketing do Windows Phone, Caseu McGee, não dá intenções de desaceleraram o processo, pois acreditam que estão a melhorar a experiência para o utilizador a cada dia que passa.

Será esta a única solução da Microsoft? Será que vai singrar?

Opiniões, posições e oposições –> Comments Section!!

Este artigo foi escrito por em 06 Abr, 2012, e está arquivado em Destaques. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: