« Demo de Football Manager 2010 lançada O adeus ao Bluetooth? »
15/10/2009
Escrito por em Dicas | 4.874 Leituras

msn_pirateado

Anunciamos AQUI não há muito tempo que um hacker publicou na net uma listagem de mais de 40.000 emails com as devidas passwords que tinham sido roubados ao Hotmail, Gmail, Yahoo!, etc. Foram muitos os que ficaram chocados, mas até ao momento ninguém sabia como descobrir se o seu e-mail estava nestas listagens.

Pois com este artigo, poderá encontrar uma forma de o saber.

Neste momento, graças à Serversniff, podemos ficar a saber se realmente fomos afectados por este grave problema ou não, bastando aceder a este SITE e, no campo que precede o botão CHECK ADRESS, há que inserir, só e apenas, o nome do nosso email sem o domínio (@hotmail, @gmail.com, etc).

No meu caso, nenhum dos meus mails foi contemplado nesta «bola de neve», tive sorte!

Este artigo foi escrito por em 15 Out, 2009, e está arquivado em Dicas, Internet. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
4 comentários em “Será que o meu email estava na lista roubada e que foi divulgada na net?”
  1. Os meus mails até ao momento tão bem.

  2. os meus tão bem felizmente

  3. Lembrem-se de que ao que tudo indica a lista publicada era apenas parcial, pois continha endereços ordenados alfabeticamente o que tudo leva a querer que existem mais. Para mim isto não é mais que o resultado de um bom esquema de phishing e não propriamente um ataque às bases de dados dos fornecedores de serviços de e-mail, pelo que se foram utilizadores minimamente cuidadosos e sensatos e não andaram a inserir os vossos dados em páginas clonadas não devem ter sido vítimas.

  4. Ruben Costa diz:

    Sem problemas….

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: