« Elf Yourself – Faça os seus amigos rir… Guia Photoshop – Ferramentas/Atalhos »
22/12/2009
Escrito por em Dicas | 11.894 Leituras

mount_ubuntuO Ubuntu é, hoje em dia, presença assídua em imensos computadores de imensos utilizadores. Muitos desses utilizadores têm-no instalado em “dual-boot”, ou seja, instalando Windows e Ubuntu em partições diferentes. Apesar de o Windows não conseguir aceder à partição do Ubuntu, o Ubuntu consegue aceder facilmente aos dados da partição do Windows, mas para isso é necessário primeiramente montar a partição, confirmar com pass,… É? Ora essa, era!


Normalmente para montar outras partições no Ubuntu, estejam elas em NTFS, ext3/4, reiser, jfs, era necessário ir ao menu Locais»Nome da Partição, clicar e confirmar com pass para montar. Caso se reinicie o computador, é necessário repetir o processo.

mountwindowsthumb01Não seria tão bom este processo de montagem das partições acompanhar o processo de inicialização do sistema, para, assim, termos acesso total aos ficheiros e a um ambiente de trabalho pronto sem estes irritantes cliques?

Isso é possível através da edição e adição manual da partição a um ficheiro específico do Ubuntu, mas porque não utilizar algum do fantástico software disponível nos repositórios do Ubuntu? Com o Gestor de Dispositvos de Armazenamento, fazer essa alteração resume-se a alguns segundos ;-)

Vamos primeiro instalar a ferramenta através, por exemplo, do Centro de Software. Basta pesquisa por “Gestor de Dispositivos de Armazenamento”, e instalar ;-)

screenshot_002Ou para quem gosta do look&feel do terminal:

sudo apt-get install pysdm

Depois de instalado, estará acessível em Sistema»Administração»Storage Device Manager . O programa (necessita de passwor d para ser aberto) apresentará inicialmente uma lista das partições do computador num separador à esquerda.

Storage Device Manager

sda1 e sda3 não lhe dizem nada? Para os identificar, basta clicar em qualquer uma das partições e será imediatamente indicado qual o sistema de ficheiros em que se encontra. Uma partição Windows normalmente está em ntfs, uma Linux em ext3/4, apenas a título de exemplo.

screenshot_003Se não souber qual o sistema de ficheiros das suas partições, pode utilizar o GParted (Sistema»Administração»Editor de Partições) para visualizar essa informação. O GParted apresentar-lhe-á o nome das partições, o tamanho, o sistema de ficheiros e o seu iden

tificativo (do estilo /dev/sdX, onde X é um número).

Identifcada a partição, no Gestor de Dispositivos e no separador da partição que queremos montar automaticamente, clicamos em Assistant. Aí, marcamos a opção “The file system is mounted at boot time”.

screenshot_004E basicamente é isto ;-) O programa oferece mais algumas poderosas opções de configuração, que recomendo apenas a utilizadores mais avançados e com conhecimentos mais profundos. Se o seu objectivo era apenas ter determinada partição a ser automaticamente montada no boot, já pode fechar o programa.

Agora, basta reiniciar o Ubuntu e ver a partição automaticamente montada no ambiente de trabalho.

screenshot_006Nada mais simples :)

Este artigo foi escrito por em 22 Dez, 2009, e está arquivado em Dicas, Programas. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
9 comentários em “Montar automaticamente partições no Ubuntu”
  1. Ainda mais simples é aquando da instalação define os pontos de montagem

    Eu tenho 2 partições ntfs e quando instalei o ubuntu pus estes pontos:
    /media/windows para a partição que tem o xp
    /media/data para a outra partição

    E monta automaticamente e tudo ;)

  2. Lycanthrope diz:

    Boas Daniel.

    Olha, desculpa lá a pergunta um bocado ofensiva (não te vou ofender não te preocupes)… mas pronto, cá vai:

    Como desinstalo o Ubuntu do meu PC? visto que criei partições para ele e isso, e agora queria voltar tudo ao normal – só windows e com o espaço do disco alocado para o Ubuntu novamente para o windows. O meu receio é devido ao dual-boot iniciar com o GRUB e se eu simplesmente formatar as partições do Ubuntu não fico sem conseguir aceder ao windows? Ou faço isso e tudo volta ao normal?

    Não penses que sou eu a fugir ao Ubuntu, é só porque vou fazer o upgrade do Vista para o Seven e não queria ter probs. Posteriormente eu irei meter novamente o Ubuntu :P.

    Desde já o muito obrigado.

    Cumps

  3. Andre Almeida diz:

    Basta instalar o nfts, procura-se no gestor novo de programas do novo ubuntu 9.10. e abre-se o programa e manda-se montar as partições que se quer e apartir dai ficará para sempre montado ao iniciar o ubuntu
    é mais fácil e mais rápido que por essa forma.

    cumps

    • Eu tinha conhecimento desse método, mas na verdade nunca tive sucesso através disso. E além disso, o ntfs-config limita-se a partições ntfs, esta solução é mais abrangente para utilizadores que tenham vários tipos de partições no computador (eu tenho em ext4 e jfs, por exemplo) :-)
      E lembrei-me agora, na altura, para colocar a minha partição ext4 de reserva a montar automaticamente, foi mesmo à “pata” -> sudo vim /etc/fstab + Google. :-D

  4. Muito boa dica, gostei mesmo e vos aplica-la no meu Ubuntu já.
    Valeu

  5. Obrigado pela dica, foi muito útil!

  6. Cara, dica fantástica! Tomei a liberdade de divulgar no meu blog, mas citei a fonte.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: