« Tablet PC a 35 dólares (26,51€) Saiba como guardar, restaurar, listar, imprimir os seus drivers com facilidade »
04/08/2010
Escrito por em Dicas | 4.135 Leituras

Esta é uma daquelas dicas que pode ajudar ao alívio de algumas consciências. Do que falo? Simples, se temos uma versão original do Office 2007 ou 2010 podemos cair na tentação de querer e instala-lo em mais de um PC com a ideia que estamos a cometer uma ilegalidade. Mas aparentemente as coisas não são bem assim, pois nos termos da licença do Microsoft Office, no ponto de instalação e Direitos de Uso é mencionado a possibilidade de podermos instalar uma cópia do Office (2007 ou 2010) em dois computadores, desde que ambos sejam utilizados pelo mesmo utilizador.

No entanto, essa segunda instalação autorizada deverá corresponder a um PC portátil, apesar de ser quase impossível para o sistema de autenticação do Office distinguir se estamos a instalar o software num desktop ou num portátil, sendo o importante saber que podemos fazer 2 instalações. É caso para dizer: Obrigadinho!

Este artigo foi escrito por em 04 Ago, 2010, e está arquivado em Dicas, Programas. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
13 comentários em “Afinal…é legal instalar o Microsoft Office em 2 máquinas diferentes”
  1. Ora isso então quer dizer que se tiver 10 pc´s, apenas necessito de ter 5 licenças do office? :)

    • sim é bonito e principalmente é ético, mas antes de acusarmos alguém e fazermos logo o juízo de valor, vamos ler ambos os textos. uma fonte cita-se quando se coloca exactamente como se copiou. ao texto de cima reclamo a minha TOTAL AUTORIA e isso, minha cara, escrever por minhas palavras uma notícia onde me tenha baseado, é totalmente válido, sem necessidade de fontes!

      Além do mais, se procurasses bem e não te remetesses a uma só fonte, verias que há DEZENAS de blogs por aí forma com a mesma notícia e, coincidência, a mesma imagem ou parecida, como a nossa…

      • Nesse caso, devias declarar os créditos da imagem, não?

        • qual é o teu blog mesmo? engraçado, esta tornou-se uma questão pertinente, principalmente aos defensores e defensoras da moral e bons costumes…que geralmente têm sempre alguma coisa que esconder…mas enfim

  2. Ana Bacalhau diz:

    Mais um que deve vir do pplcoiso para vos destabilizar. Mário, porque é que ainda dás trela a esta gente?

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: