« Revo Uninstaller, o desinstalador mais procurado dos nossos leitores Vodafone apresentou hoje o novo Samsung Galaxy Tab »

Ter uma ou várias passwords consideradas como «fortes» não implica necessariamente uma segurança de qualidade, pois os utilizadores mais experientes sabem que isso é apenas a ponta do iceberg no que respeita à segurança efectiva de uma navegação tranquila pela Internet. Apesar dos constantes avisos que circulam pela net, são muitos os utilizadores que desleixam esse campo e, quando menos se espera, o pior acontece, dando lugar a desgostos previsíveis. Assim, em forma de conselho, gostaria de vos apresentar a Gmail Security Checklist, que é nada mais um conjunto de conselhos válidos e a ter muito em conta, oferecido pela Google.

Trata-se de um conjunto de dicas muito simples de seguir, cujo objectivo primordial é a protecção do utilizador final e menos cauto ou mais preguiçoso, e que se encontra dividida em 5 partes, que listo abaixo para reflectir:

  1. Nunca esquecer actualizar as bases de dados das nossas ferramentas de protecção: antivirus, antimalware, firewall, etc, bem como actualizar todas as vezes que exista o nosso sistema operativos. Estas actualizações, na sua grande percentagem, contribuem para a correcção de erros encontrados e que de alguma forma nos colocam em perigo quando navegamos na Internet.
  2. Nunca esquecer de actualizar o navegador de Internet que utilizamos com frequência. É verdade que hoje em dia a moda é usar vários exploradores, mas o ideal é decantarmo-nos por um e manter a sua constante actualização bem como de possíveis plugins que possamos ter. Como não pode deixar de ser óbvio, a Google NÃO recomenda qualquer tipo de plugin que leve ao Gmail.
  3. Devemos modificar a nossa senha do email no mínimo 2 vezes por ano, tentando ser o mais original nas mesmas possível, isto é, não usar termos e experssões vulgares, mas sim adicionar sempre às palavras algo diferente do habitual. Não esquecer que, em caso de ataque, a pergunta de recuperação da password e dos dados deve ser o mais claro possível, pois sem isso podemos correr o risco de nunca mais recuperar uma conta de email.
  4. O Gmail usa o protocolo de segurança HTTPS, pelo que devemos estar alerta se o mesmo foi activado na barra de endereços de forma a não sermos iludibriados.
  5. Evitar os acessos via computadores públicos. E quando não existir mais remédio, ter sempre em atenção o fecho da sessão com o Logoff, sem deixar acessos abertos ou passwords à disposição de quem quer que seja.

A listagem de alertas e conselhos poderia seguir, mas penso serem estes os cinco pontos essenciais a uma boa navegação principalmente com o email, que é muito provavelmente o serviço mais utilizado pelos internautas. Poderão acompanhar toda a listagem NESTE LINK e retirar as vossas próprias ilações.

Eu sinceramente acredito que a grande maioria dos utilizadores não subscreve a aplicação destes e outros conselhos por pura «preguicite aguda», mas para conseguir dizer que estamos seguros, é mesmo necessário seguir à risca estes conselhos.

Este artigo foi escrito por em 19 Out, 2010, e está arquivado em Dicas, Internet. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
1 comentário em “Gmail Security Checklist, conselhos de segurança que não devemos descurar”
  1. As minhas regras de segurança.

    1 Evitar de utilizar o windows
    2 não utilizar serviços tipo gmail, porque qualquer administrador da google tem acesso aos nosso correio electrónico, a forma mais segura é ter o nosso próprio servidor de email.
    3 Ter uma boa passe no nosso sistema operativo, e nuca fazer passes com caracteres ou sequências do tipo cmatomic123 isto é totalmente errado para uma passe de sistema
    4 Evitar utilizar a conta de administrador como o root em Linux
    5 Ter sempre o nosso sistema actualizado.
    6 Não clicar em tudo o que aparece a frente na Internet do tipo ganhou 1000 euros.
    7 não executar scripts de fonte desconhecida
    8 Evitar mexer na firewall se não saber o que se esta a fazer
    9 Se tivermos o portátil com informação importante encriptar as pastas com essa informação
    10 Nunca dar a nossa passe de administrador a minguem

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: