« Friday Fun – professor suspenso por levar stripers para a aula Dar uma vista de olhos….a esse software! »

Oh, fones de ouvido. Tão úteis, tão problemáticos. Aquilo que facilmente nos proporciona bons momentos musicais, tão facilmente nos faz perder minutos imensos numa constante dança de enrola, desenrola, arruma, desarruma, estica, contrai. Quem nunca, na pressa do momento, acabou por arrumar descuidadamente os fones, e quando voltou a precisar deles quase que perdeu a vontade de os utilizar, dado o cenário que se lhe afigurou? Felizmente, a técnica e o engenho humano são ilimitados e existem várias técnicas rápidas e eficientes de se enrolarem os fones. Uma delas é a técninca Devil Horns, ou, em Português, a técnica Chifres de Diabo. ;)

Não se deixem assustar pelo insólito nome desta técnica. A técnica é muito simples, aprende-se em minutos e acreditem que vai ser extremamente útil para o vosso dia-a-dia. É práctica e fácil, e funciona com qualquer tipo de fones, não sendo necessário nenhum acessório extra. A elegância e a subtileza estão presentes tanto no enrolar como no desenrolar, e depois de a aprender e a automatizar, vai achá-la nada menos do que genial.

Dois dedos e dez segundos. Basicamente o necessário para nunca mais ter que se preocupar com a arrumação dos seus fones de ouvido.

Este artigo foi escrito por em 15 Abr, 2011, e está arquivado em Dicas, Hardware. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
16 comentários em “Dica de fim-de-semana: acabe com o emaranhado de fios dos seus fones de ouvido”
  1. Nobre Luso diz:

    Não vejo aqui nenhum vídeo a explicar… :roll:

  2. Hitanwolf diz:

    Muito bom!! É este tipo de artigos que dá o nome ao site, certo? Que bela dica! Abraços, Parabéns pelo trabalho.

  3. Não sei onde foram buscar os “fones”… que um brasileiro ainda diga isso, ainda me calo (eles são pródigos em ‘aportuguesar’ todos os anglicanismos e galicismos, ie, “usuário”, “chance” ), mas a um português soa mal…. pelo menos para mim. Para falar mal, já basta os treinadores de futebol que andam todos “focalizados” (??) no jogo seguinte e os jornalistas com as previsões “climatéricas” ou que ainda não perceberam o que é uma via e uma faixa de rodagem… enfim.

    E que tal auscultadores? Chamar os bois pelos nomes.

    E já agora eu não “postei” mas publiquei um simples comentário….

    • Eu digo e escrevo ‘fones’ desde o tempo do walkman e não me acredito que passados tantos anos, e logo na internet se coloque uma questão destas.

      A resposta a essas dúvidas todas é simples: abreviar, facilitar.

      PS: Os Brasileiros ‘aportuguesarem’ algo não me soa nada bem…

  4. Sendo tu tão destacado linguista e conhecedor da nossa bela língua, creio que também deves estar a par da sua prodigiosa dinâmica e vastidão. A Língua Portuguesa é incrível na assimilação de termos estrangeiros, os ditos estrangeirismos, sendo que fones é uma palavra existente no dicionário da Língua Portuguesa, resultante da apropriação do bastante usado termo inglês phones, as in earphones.

    Como o poderás constatar no Priberam.

    Sim, auscultadores é também um termo usado, mas que creio que o seu uso é mais pertinente como hiperónimo de hipónimos do género de os supra-mencionados fones de ouvido ou também os conhecidos headphones. Aliás, muito frequentemente a palavra auscultadores é associada aos headphones, aos quais esta dica não se aplicaria.

    Por último, neste momento, num berrante laranja, num botão que me encontro prestes a clicar, suplica o texto “Enviar Comentário”. Será que o KeroDicas entretanto mudou? Talvez tenha que limpar os cookies ;)

    • Pronto… pontapé na porta e partiu a loiça toda.

      :twisted:

      Cumps

    • naoSeiNaum diz:

      Ei, ó Rodrigues, é preciso tanto? A crítica é pertinente, ainda que não totalmente correcta. É um pouco anacrónico falarmos com tantos estrangeirismos, desnecessário, diria eu. O português é das línguas mais vastas, sendo que maioritariamente usamos os estrangeirismos sem precisarmos de tal. É o que acontece neste caso: podes perfeitamente dizer auriculares (que é o termo realmente adequado a este equipamento) ou auscultadores. Para mim, indo ao inglês, creio que headphone nem é o mais adequado, mas sim hearphone, uma vez que se introduzem/suportam apenas nas orelhas/ouvidos. Headphone>auscultador e hearphone>auricular. Ma isso já é ser “piquinhas”.

      • Peço desculpa se me excedi ou se o meu tom foi demasiado severo, não era de modo algum essa a minha intenção :)

        Só uma correcção: creio que queres dizer que os auscultadores equivalem aos headphones , já que estes auscultam, cobrem, protegem as orelhas. Os auriculares (este sim seria um excelente termo!, que muito sinceramente não me lembrei) correspondem então aos earphones.

        Eu próprio sou um forte apologista da nossa língua, mas o que é certo é que estes estrangeirismos se encontram no dicionário, e encontram-se lá porque introduzem familiaridade. Fones é, pelo menos nos meus círculos pessoais, a palavra que mais ouço, daí tê-la usado aqui, por justamente ter pensado que introduziria familiaridade. Mas fica aqui a nota, a partir de agora vou tentar cingir-me a ‘auriculares’. Thanks :-D

        • naoSeiNaum diz:

          É esse o espírito! :)
          Eu escrevi heraphones (com h), o que está errado… é sem o “h”.

          Acho que devemos usar a nossa língua o melhor possível, é uma língua rica e tem vindo a ser lapidada sucessivamente, quer pela adopção de estrangeirismos (em excesso), quer pelo famoso Acordo Ortográfico a fazer ´soar’ tão estranho.

          Cumprimentos

    • toma lá que já almoçaste.

  5. Mistwood diz:

    Sempre usei esta técnica e outra que é enrolar o fio em aro e entre si para “trancar”. Acho que com esta última há menos probabilidade de partir os fios acidentalmente…

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: