« 12 milhões de utilizadores pagam para jogar no Facebook Fences, quer organizar o seu ambiente de trabalho e não sabe como? nós ensinamos »
04/08/2011
Escrito por em Análises | 4.989 Leituras

Antes de dar início à nossa análise gostaria de agradecer à Ana J. por se ter prontificado a delinear e escrever este artigo, pelo que a mim coube-me a apreciação e orientação do texto em si bem como a publicação do mesmo através da minha conta, no entanto os créditos deverão ser redireccionados todos à Ana J.. Assim e uma vez mais, por cortesia da Philips, a quem agradecemos estes «docinhos» que enviam aqui para o KeroDicas.com, fomos presenteados para testes com um gadget de luxo que promete poder ajudar todo o tipo de pessoas: solteiros, famílias ou até mesmo quem não tenha muito tempo para limpezas mais básicas: um robot aspirador com mapeamento de território.

São vários os pontos a favor, mas não se conseguiu livrar dos pontos contra. Confiram tudo com a nossa análise na perspectiva do utilizador comum.

O HomeRun tem uma apresentação agradável e um tamanho ideal que permite ser arrumado em qualquer canto lá de casa, vindo equipado com duas escovas laterais e uma escova central ao longo de uma lâmina principal que apanha todas as pequenas partículas no chão. Com uma câmara e sensores integrados combinado com a tecnologia “Systematic Mapping”, isto é, através de fotografias que a câmara captura cria um mapa preciso da divisão da casa identificando qual a área a limpar assim como identifica os obstáculos e escadas a evitar.

O HomeRun vem equipado com uma bateria Li-Ion que pela primeira vez é aplicado num robot aspirador. Este tipo de baterias tem a vantagem de ter uma vida útil mais prolongada, levando mais tempo para recarregar … 3 horas de carregamento para uma autonomia de cerca de 100 minutos (que pode variar consoante o tipo de chão ou o programa de aspiração seleccionado).

Há quatro programas de limpeza disponibilizados para selecção:

  • o modo AUTO (limpeza automática, em linhas paralelas);
  • o modo SPOT (movimento paralelo numa área quadrada de 1,5mx1,5m);
  • o modo CLIMB (permite a limpeza de tapetes finos e transpor alguns obstáculos com altura máxima de 1,5 cm);
  • o modo CARPET (aspiração de carpetes e de tapetes com uma altura máxima de 2cm). Pode ainda seleccionar o controlo MANUAL, e controla remotamente a área a limpar.

O aspirador tem um alcance de 20 metros em todas as direcções tendo como centro a sua base, o que no final representa uma capacidade de cobertura de cerca de 1600 metros quadrados para limpeza. Um vez descarregado, o aspirador volta à base e depois de carregado totalmente recomeça o trabalho onde havia parado.

O nível de eficácia na limpeza é elevado, não falhando parte nenhuma. Contudo há certos detalhes que ainda precisam de aperfeiçoamento como os tapetes mais altos, os cabos que passem eventualmente no chão (no caso aqui de casa os cabos do sistema de som da TV) ou alguma mobília podem bloquear o aspirador, sem que o mesmo recomeçe. Por outro lado, por vezes, sem se saber o porquê, o aspirador recolhe à base dando o trabalho como terminado sem que isso se tenha verificado. Já o som do trabalhar do Home Run é ligeiramente incomodativo, obrigando a mudar-nos para outro compartimento de forma a evitar, mas se pensarmos bem, um aspirador comum também sofre deste problema.

O HomeRun é polivalente, limpa todos os tipos de solo, incluindo carpetes e tapetes mas atenção à altura dos mesmos pois este só limpa até 2 cms, caso contrário, dá erro no visor e interrompe o trabalho. O que no meu caso, foi uma decepção, pois não conseguiu aspirar a maioria dos meus tapetes devido ao erro de “chão irregular” devido à altura dos mesmos.

Graças a um temporizador, podemos programar a limpeza para horas em que não estamos em casa, mas tem de haver luz. Este é um ponto a reter porque o HomeRun não trabalha no escuro, pois se não tiver uma quantidade de luz suficiente não consegue usar a câmara e assim criar o mapa de limpeza do compartimento. Sempre que por alguma razão der erro, o trabalho é interrompido pelo que a expectativa de chegar e ter a casa limpa sai frustrada. Mesmo assim, é uma boa maneira de lhe adiantar algum trabalho, podendo assim direccionar o seu tempo para outras tarefas.

Não podemos esquecer que é muito útil para quem tiver animais em casa uma vez que os pêlos são constantes assim como a necessidade de limpeza da casa. Neste caso, o robot é bastante útil e eficaz, mas exige uma limpeza mais frequente do aparelho.

E a questão da limpeza do robot em si é um pouco complicada. Depois de cada utilização é aconselhável a limpeza do robot, desde os filtros às escovas e ao reservatório. A escova central acumula muito lixo (o que vai diminuindo a eficácia) e o reservatório do lixo nem sempre é fácil de limpar. Para mim, é um dos pontos mais negativos. Através da porta USB é possível efectuar a actualização de software, que está disponível na página www.support.philips.com e para isso basta seguir as instruções que constam no site.

Para o fim fica a questão do preço. Dos sites que consultei o preço varia entre os 464 euros e os 537 euros, mas ainda não se encontra à venda em Portugal.

Na minha opinião, e em jeito de conclusão, o preço pode ser um factor dissuasor na altura da compra. Apesar do interesse que o aparelho suscita e a eficácia que pude comprovar neste período de experimentação, ainda tem um valor de mercado que considero elevado, mas lá que cumpre as suas tarefas isso ninguém o pode negar!

Características técnicas:

  • Programas: 4 modos de limpeza automáticos e ainda um manual para a limpeza da maioria das superfícies, através de um sistema de mapas criado a partir dos sensores e câmara integrados. Actualizações ao software efectuadas a partir da porta USB.
  • Bateria: Iões de lítio para uma maior autonomia de 14,8 V
  • Cor: Cinzento prata
  • Visor: digital com informação dos programas, tempo e erros
  • Autonomia de funcionamento: 100 minutos
  • Tempo de carregamento: 3 hora(s)
  • Nível de ruído: 70 dB
  • Capacidade do reservatório: 0,6 L
  • Modos de limpeza: Auto, Spot, Climb, Carpet
  • Tipos de piso: Parquet, laminados, cerâmica, tapetes
  • Programação: Temporizador de 24 horas
  • Peso: 4,2 kg
  • Dimensão: 34,5 cm x 10,4 cm

E como não podia faltar, um pequeno vídeo caseiro de 2 minutos de demonstração do funcionamento do robot:

Para terminar, fica uma sugestão aos engenheiros da Philips que pode dar muito jeito de futuro em novas versões seja do dispositivo seja do software: uma vez que se trata de um dispositivo que mapeia as zonas que anda a aspirar e que tal se pudesse memorizar essas mesmas zonas para que da próxima vez que eu lhe diga que quero o corredor limpo o aspirador saiba de imediato onde tem de ir ao invés de ter de o acartar eu para lá? Se considerarem útil fica a minha sugestão!

Agora só resta desejar aos leitores do KeroDicas.com boas limpezas!

Este artigo foi escrito por em 04 Ago, 2011, e está arquivado em Análises, Destaques, Dicas, Gadgets, Gadgets, Novidades. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
9 comentários em “Análise ao robot Aspirador HomeRun FC9910 da Philips”
  1. Interessante!

  2. O nome deveria ser “HomenRun”, pois vejo-o como o ideal para um homem; eles faz tudo sozinho! :)

    É muito caro… :-|

  3. Um destes cá em casa chamava-lhe um figo. É pena que não se venda ainda em Portugal, mas se calhar cá os preços deveriam ser ainda mais caros. Boa review kerodicas.

  4. O Kerodicas esta semana está com pujança nas reviews! Parabéns. Parece ser bom o aspirador, especialmente engraçado por ser um robot mas o preço assusta um pouco.

  5. HomeRun :lol: Muito interessante e prático! Isto ia dar-me muito jeito por causa das minhas alergias…

  6. Este é o sonho de todas as nossas mães. A Bimbi das limpezas!

    O único senão é mesmo o preço, que com os tempos actuais é um pouco puxado para um orçamento de uma família.

    Contudo, olhando-se para o trabalho eficaz que a máquina faz, e o tempo livre que proporciona à nossa mãe, ou a quem tenha de fazer a limpeza, este equipamento poderá ser sem dúvida uma bom investimento.

    Resta agradecer também à Philips pelo empréstimo do aspirador e à Ana pela análise que fez,

    Cumps!

  7. Tem tudo para ser competente, mas isso de mapear as zonas da casa deve ser brutal. Como já disse alguém, interessante.

  8. Acho que ficava muito bem em minha casa :P… Muito Prático… :D

    Cumps

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: