« Temperatura do processador ao detalhe? Core Temp oferece um «raio-x» Correcção para vulnerabilidade grave antecipada pela Microsoft »
02/08/2010
Escrito por em Dicas | 2.531 Leituras

Saber com precisão a quantidade de programas que estejam a correr/actuar com o nosso sistema pode não ser uma tarefa tão simples como muitas vezes é anunciada. Se há programas que efectuam uma analise ao sistema, analisando detalhadamente todos os programas configurados em curso, um deles é indubitavelmente o RunScanner. Neste caso, podemos usar o RunScanner para detectar programas com auto-arranque, spyware, adware, hijackers de páginas de internet, drivers não verificados e outros problemas. Podemos também importar e exportar os resultados, bem como deixar que os nossos problemas sejam resolvidos por terceiros. Tudo isso…e muito mais!

Pontos Chave do Runscanner:

·          Análise a mais de 100 localizações startup/hijack;
·          Análise online de malware;
·          Resolução de entradas inválidas;
·          Guarda e importa ficheiros .run (todas as informações disponíveis);
·          Marcação de itens para que alguém mais conhecedor detecte o que precisa de ser reparado, devolvendo o ficheiro .run ao utilizador;
·          Paragem efectiva de programas e processos;
·          Verificação de assinaturas de ficheiros;
·          Verificação de software instalado no sistema;
·          Upload de ficheiros para o serviço VirusTotal;
·          …e muito mais.

Efectivamente estamos perante uma ferramenta de utilização profissional, isto é, apenas utilizadores com conhecimentos avançados de informática deverão aventurar-se com esta ferramenta, caso contrário, estarão sujeitos às mais variadas possibilidades de «rebentar» com o funcionamento do vosso sistema operativo.

Compatibilidade: Windows 2000/XP/2003/Vista
Licença: Freeware
Homepage: Geert Moernaut
Download: RunScanner 2.0.0.47

Este artigo foi escrito por em 02 Ago, 2010, e está arquivado em Dicas, Downloads, Programas, Software, Utilitários. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
2 comentários em “Diagnóstico, prevenção e correcção: palavras de ordem do Runscanner”
  1. boas, por acaso não me sabem dizer se vale a pena mudar do advanced systemcare para este, quais as vantagens de um e de outro, obrigado.

    • glink, estamos a falar de aplicações completamente distintas. O Advanced System Care é uma ferramenta generalista enquanto o Runscanner é mais centrado no tipo de acção de detecção.

      se calhar o ideal é mesmo usar ambas, como complemento.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: