« MAME 0.134s Desactivar o realce dos programas instalados »
10/09/2009
Escrito por em Geral/Outros | 2.143 Leituras

A Microsoft enfrenta outra acção judicial sobre o Windows Genuine Advantage (WGA), software usado como uma ferramenta anti-pirataria do Windows XP. Em causa estão supostas violações das leis de privacidade e publicidade enganosa.

WGA-Validation

A acção, que deu entrada num tribunal distrital de Washington, alega que o WGA é falsamente publicitado e viola as leis de privacidade.Em vez de identificar o WGA como uma ferramenta anti-pirataria, a Microsoft é acusada de descrever o programa como «uma actualização altamente prioritária», sem fornecer aos utilizadores uma explicação do que é o software ou do que pode fazer nos computadores.

Na acção explica-se ainda que o WGA tem dois componentes que violam a privacidade dos utilizadores: um programa de notificações que identifica se uma cópia do sistema operativo é legal ou não e uma funcionalidade de validação que reconhece informação dos computadores e a envia à Microsoft.

Face a tais acusações, a Microsoft explicou que o programa funciona identificando características únicas do sistema e instala uma chave de software que a empresa pode ler quando é solicitada uma actualização. A única maneira de eliminar a chave, afirma a companhia, é formatar o disco rígido. A Microsoft salienta que a chave não identifica utilizadores, mas sim sistemas individuais.

Para saber mais sobre o programa clique aqui.

Fonte: SOL

Este artigo foi escrito por em 10 Set, 2009, e está arquivado em Geral/Outros. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

6 comentários em “Acção contra Microsoft alega que WGA é spyware”
  1. detesto quando isto aparecia dantes , depois começei a aprender que se podia meter um codigo e aí está ele a rolar direitinho

  2. Acho mt bem. E depois isto:"a Microsoft explicou que o programa funciona identificando características únicas do sistema e instala uma chave de software que a empresa pode ler quando é solicitada uma actualização. A única maneira de eliminar a chave, afirma a companhia, é formatar o disco rígido." E só prova que o WGA é spyware e nunca devia ter existido. Se a microsoft fosse experta não recorria a isto pra combater os windows piratas. Apenas bastava baixar os preços. E o pior é este wga era instalado sem autorização do utilizador.

  3. o windows devia ser gratuito e evita problemas destes e outros. mai nada
    (mesmo assim havia gente a preferir pirata :)

  4. >PPIRATADDois< diz:

    Detalhe ridículo:
    " a chave só pode ser tirada formatando o pc, segundo a microsoft"
    Q bom q eles pensem assim…
    Abraço!

  5. >PPIRATADDois< diz:

    Em tempo:
    Concordo com o amigo…
    " preço baixo = compra certa "

  6. estes gajos da micro sao msm………..
    (no coment)
    xD

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: