« Dell vai lançar 5 novos telemoveis e dois tablet’s CCleaner, limpeza e manutenção inteligente e grátis para o seu PC »
26/04/2010
Escrito por em Geral/Outros | 2.617 Leituras

Os primeiros formatos de disquetes começaram a aparecer a partir do ano de 1971, na altura com uma capacidade máxima de 80kb, sendo que ao longo dos anos essa capacidade foi progredindo, actualmente as mais utilizadas tem 1.44MB de capacidade.

1.44MB em 1987 era mais que suficiente para levar arquivos importantes para qualquer lado de forma eficaz. Hoje essa capacidade é insuficiente, e num pequeníssimo cartão microSD já se pode transportar vários gigabytes.

Muitas são as alternativas hoje em dia para substituir as disquetes, desde os CDs a DVDs, como os cartões de memória ou as pen drives, todas estas são alternativas muito mais eficazes. Os portáteis à muito que já não trazem um leitor de disquetes, e os desktop pelo mesmo caminho seguem.

A Sony anunciou que a 23 de Abril de 2011 vai descontinuar as vendas das disquetes de 3.5” no Japão, cujas vendas deste modelo naquele pais começaram em 1983 (há 27 anos). Para além de ser um método de armazenamento obsoleto, as vendas caiem a pique. Em 2000 foram vendidas aproximadamente 47 milhões disquetes no Japão, em 2009 foram apenas 8.5 milhões.

Contudo a Sony não vai parar de comercializar as disquetes de 3.5”, há alguns mercados que são excepção como o caso da Índia.

Este artigo foi escrito por em 26 Abr, 2010, e está arquivado em Geral/Outros, Notícias, Tecnologia. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
6 comentários em “Sony planeia vender disquetes até 2011”
  1. João Claudio Váz Dama diz:

    “há 27 anos” e não “à 27 anos”
    “há alguns mercados..” e não “à alguns mercados…”

    Para a próxima vez escrevam um artigo sobre detector de erros ortográficos.

    Jorge

    • Olá João ou Jorge, bem não sei muito bem, pode ser bipolarismo, mas queria agradecer na mesma pela informação.

      Já tratamos de emendar, não vamos querer ferir susceptibilidades. Tentaremos estar mais atentos de futuro.

      Cumps.

  2. Ainda foram vendidos 8,5 milhões de disquetes no Japão em 2009?!? E eu que pensava que o povo de lá não sabia mais o que era isso.. rsrsrs

  3. Ricardo Santos diz:

    um à parte.. não se trata de erro ortográfico mas sim um erro sintáctico….

  4. compramos disquetes de 1.44 usados ou novos

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: