« Manual de Tecnologias de Informação e Comunicação e OpenOffice.org Service Pack 1 para Windows 7 já disponível para todos [actualizado] »
22/02/2011
Escrito por em Jogos | 3.322 Leituras

A 1 de junho de 1993 a Sega of America lançou um videojogo que para iria para sempre ficar marcado na história para a Megadrive. Chamava-se Barney’s Hide and Seek ou Barney’s Hide and Seek Game. Para aqueles menos familiarizados com o inglês, Hide and Seek Game é o jogo das escondidas, em português.

Este jogo apenas foi lançado na América do Norte devido a problemas de licenciamento e tradução para outros países. É um jogo baseado num programa de televisão, Barney. A personagem diz o nome dos objetos e conta-os à medida que os vai encontrando, criando uma componente didática para o jogo, que é mesmo capaz de se jogar sozinho.

Mas porquê chamar jogo das escondidas a um jogo em que ninguém se esconde? Sim, é um ponto interessante. A história baseia-se na saída de crianças da escola que vão brincar às escondidas com Barney, um ser imortal, sem qualquer remota possibilidade de se aleijar. Daqui se desenrola um dos mais troçados videojogos da história, não por ser mau, mas pelo seu fracasso, que levou a que muitos o considerassem como um dos piores videojogos da história.

Mas, no fundo, o jogo não é assim tão mau quanto isso. O grafismo, a música e a jogabilidade não são maus para o público alvo deste. Mas claro, poderá o ato de esconder das crianças os perigos ser benéfico para elas? Todos os botões, à exceção dos direcionais, fazem com que Barney atire beijos, mesmo o botão de pausa. Certo é que, se este jogo fosse feito hoje em dia, o ator que dá a voz ao personagem seria acusado de pedofilia por isto e por frases como “Remember kids, I love you.” (Lembrem-se, crianças, adoro-vos.).

Quando encontra uma criança, Barney abraça-a, deixa-a cair e esta desata a correr. É o que se pode ver no videojogo, como se comprova nos vídeos acima, feitos por Kikoskia. Se se fartar do jogo, largue o comando ou prima a seta abaixo, que este jogar-se-á sozinho.

Por esta semana é tudo. Para qualquer comentário, usem o formulário existente para esse fim. Podem, ainda, deixar as vossas sugestões de jogos para serem falados neste espaço no formulário de comentários ou enviar-nos por e-mail para yourewinner.kerodicas@criticamentefalando.com.

You’re Winner é uma rúbrica Criticamente Falando para o KeroDicas.com.

Este artigo foi escrito por em 22 Fev, 2011, e está arquivado em Jogos, You’re Winner. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

1 comentário em “You’re Winner (VI): Barney’s Hide and Seek”
  1. O jogo nem é o pior, o mau de tudo mesmo deve ser o preço do cartucho com o jogo…é pena não podermos saber quanto valia na altura esta mina de ouro…

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: