« Coffee Break, faça uma pausa de 10 segundos Google agora permite bloquear sites »
10/03/2011
Escrito por em Jogos | 2.232 Leituras

Antes de mais, peço imensas desculpas por não ter apresentado o espaço na 3ª feira, como estava previsto. Esta semana vamos falar-vos de E.T. para a Atari 2600. Como todos os jogos desta consola, este também é mau, a começar pelo seu anúncio publicitário, e acabar no jogo em si. Produzido em 1982 pela Atari, o jogo é uma referência para os maus videojogos lançados até hoje.

Antes de analisarmos o videojogo em si, vejamos o anúncio publicitário que o lançou. Relembro que estávamos no ano de 1982, mas tem sempre alguma piada ver este tipo de anúncios com conceitos que hoje consideramos ridículos:

Para aqueles que não têm tanta capacidade em entender inglês, a voz-off deste anúncio diz “E.T. é o cartucho de videojogo da Atari que tens que comprar em separado para jogares na tua consola Atari. Os teus pais ligam-na à televisão, e tu ajudas o E.T. a voltar para casa”. Claro que esta tradução tem uma adaptação minha, mas este tipo de conceitos, hoje em dia, são impensáveis de se dizer num anúncio.

Este foi um dos videojogos que foi produzido, também, em grande escala, como Pac Man, e é tido em conta como responsável pela retirada da consola do mercado. O objetivo é encontrar três partes do telefone que E.T. utilizará para chamar a nave mãe e ir para casa.

No decorrer do tempo, o jogador perde energia que poderá recuperar com Reese’s Pieces, uma guloseima produzida na altura. Quando colhidas suficientes, é possível chamar Elliot, que entregará a E.T. uma parte do telefone. Quando terminado o jogo, este recomeça exatamente com o mesmo grau de dificuldade.

O custo de produção deste título foi de 125 milhões de dólares americanos. Uma vez mais, o título foi mal recebido pela crítica e pelos jogadores, que ansiavam algo estrondoso. As cópias não vendidas foram enterradas num aterro no Novo México.

Por esta semana é tudo. Para qualquer comentário, usem o formulário existente para esse fim. Podem, ainda, deixar as vossas sugestões de jogos para serem falados neste espaço no formulário de comentários ou enviar-nos por e-mail para yourewinner.kerodicas@criticamentefalando.com.

You’re Winner é uma rúbrica Criticamente Falando para o KeroDicas.com

Tags: ,

Este artigo foi escrito por em 10 Mar, 2011, e está arquivado em Jogos, You’re Winner. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: