« Samsung Galaxy Ace já disponível para venda Produção do iPad 2 em risco? »
21/03/2011
Escrito por em Jogos | 3.791 Leituras

Sonic Adventure foi o primeiro jogo em 3D da série Sonic, lançado pela Sega em 1998 (Japão) e 1999 (internacionalmente) para a consola Dreamcast. O jogo era bastante bom, mas, aparentemente, agora existe um comité encarregue de piorar toda a saga de jogos Sonic. Hoje trazemos-vos Sonic the Hedgehog, não o título original, mas o chamado Sonic 06, Sonic 2K6, Sonic 360, ou Sonic Next Gen. De qualquer das formas é um mau jogo, para não variar.

Há coisas que devem manter-se no passado. Se as querem reinventar, façam-no de uma forma correta. Se o original é mau não façam uma reinvenção pior. Se o original é bom, então não façam como fez a Sega neste título. Em vez de convencer os jogadores de que o Sonic merece regressar às memórias de todos, elimina todas essas possibilidades com um desastre completo no que toca a videojogos. Não é um desastre tão grande quanto isso, até tem algumas boas ideias, mas se pesarmos as boas e as más ideias numa balança, certamente o lado em que colocamos o mau ficará mais pesado.

A história começa no festival do sol, onde a princesa Elise aparece em público e é atacada por Eggman e seus robôs, pois o vilão está interessado em um segredo que envolve a princesa, as “Chamas do Desastre”, chamas que Eggman quer para assim conquistar o mundo de uma vez por todas, mas isso só poderá acontecer se a princesa chorar. Elise acaba por ser salva por Sonic, mas Eggman aproveita um descuido do ouriço e consegue raptar a princesa. Qualquer semelhança com Super Mario é pura coincidência. Plágio? Não demos conta de nada (entenda-se ironia). O facto de Sonic ter de salvar a princesa foi considerado demasiado infantil, criando um grande descontentamento para os fãs.

E qual a primeira coisa que pensamos ao falar em Sonic? Loops e altas velocidades. Aparentemente este jogo prova que todos nós estamos enganados. Ao contrário do que acontecia no título original de 16 bits, neste o jogador vê-se obrigado a travar, não só no jogo como nas suas velocidades de carregamento inexplicavelmente lentas. No entanto, o percurso linear traçado no jogo 2D ainda existe, pois todo o mundo em 3D que aparenta ser explorável não é mais que uma ilusão. Não tente explorá-lo, ou então terá morte certa, pois para lá não há qualquer caminho.

A existência de múltiplas personagens poderia trazer ao jogo alguma experiência adicional, com comportamentos diferentes, e uma jogabilidade um pouco variada. Mas nem isso. Apesar dos diferentes comportamentos e história, nenhuma personagem tem um impacto suficientemente grande no jogo e as suas habilidades não impressionam ninguém. Sonic acelera muito lentamente, e a sua velocidade só aumenta com a ajuda de aceleradores existentes no chão. O problema é que, pela primeira vez em Sonic, acelerar não é algo a apreciar, pois pode levar à morte. Com uns mapas tão inadequados pode mesmo dizer-se que Sonic está no jogo errado. No que toca às restantes personagens, não vemos nada que não tenha sido feito antes e melhor noutros jogos até à data de saída deste título, em 2006. Existem outras novidades, como o bairro Soleanna, uma suposta tentativa de mudar as coisas, e permitir a exploração de outros espaços. É possível correr, falar com cidadãos e aceitar missões. No entanto estas deixam muito a desejar.

Para piorar, acrescente-se a uma má jogabilidade um mau posicionamento da câmara e péssimos controlos com respostas terríveis e temos um dos jogos mais difíceis e frustrantes do mundo, com o jogador a morrer constantemente não só devido ao aumento de velocidade que ganhou num local errado. Pode dizer-se que nos poucos momentos em que os controlos, de facto, funcionam bem, a câmara está presente para estragar tudo. Os programadores quiseram certificar-se de que toda a diversão seria erradicada do título. Parabéns!

Por esta semana é tudo. Para qualquer comentário, usem o formulário existente para esse fim. Podem, ainda, deixar as vossas sugestões de jogos para serem falados neste espaço no formulário de comentários ou enviar-nos por e-mail para yourewinner.kerodicas@criticamentefalando.com.

You’re Winner é uma rúbrica Criticamente Falando para o KeroDicas.com

Este artigo foi escrito por em 21 Mar, 2011, e está arquivado em Jogos, You’re Winner. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: