« Opera 10.0 Beta (Build 1589) Abrantes oferece Internet com tecnologia WiMAX »
17/06/2009
Escrito por em Mundo | 1.816 Leituras

A polémica dos downloads ilegais continua a dar que falar. Pablo Soto, um jovem programador, que já foi presente a tribunal por criar programas para download de músicas, protegeu o programa que criou com direitos de autor. Assim, quando qualquer utilizador descarregar um dos programas criados por Soto será avisado que terá de pagar direitos de autor, de acordo com as leis internacionais.

«O software encontra-se protegido por direitos de autor e por outras leis de propriedade intelectual e por tratados internacionais. Reconhece que não se transfere nenhum direito derivado da propriedade intelectual deste software. Reconhece-se também que todos os direitos de propriedade relacionados com o software continuam a ser propriedade exclusiva de MP2P Technologies (¿)», uma mensagem que será parte do que o utilizador irá ler quando tenta descarregar um dos programas de Soto.

O herói dos downloads ilegais proíbe taxativamente a cópia do seu programa e obriga ao pagamento dos direitos de autor à MP2P Technologies em caso de cópia.

Importa relembrar a Associação de Produtores de Musica de Espanha (Promusicae) e as multinacionais Warner, Universal, Emi e Sony pedem a Soto 13 milhões de euros pelo prejuízo causado devido à falta de pagamento dos direitos de autor dos downloads que fez.

Fonte: Portugal Diário

Este artigo foi escrito por em 17 Jun, 2009, e está arquivado em Mundo, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
5 comentários em “Herói de downloads ilegais proíbe cópia de programa”
  1. K envie o programa no c*. É mm um paspalho. Agora é que perdeu o apoio todo.:@

  2. RipZenga diz:

    o ridiculo que isto está a cair,por mim pode ir de cana e pagar os 13 milhões que não vou ter pena nenhuma.
    então cria um programa de partilha e depois cobra por isso?sinceramente e a coisa mais parva (ou não ) que ja ouvi…

  3. filipe3x diz:

    Duas caras. Quando é para benefício próprio, os Downloads são ilegais. Mas quando já é para violar os direitos dos outros programadores, aí já ninguém fala em leis nem em direitos de propriedade intelectual. Pura hipocrisia.

  4. Guilherme de Sousa diz:

    uma coisa é a 'visao' da lei, outra é a do 'obvio'.

    pela lei, à partida ele nao disponibiliza ficheiros ilegais.. apenas tem um tracker em q cada utilizador é responsavel pelo q disponibiliza e saca.. ora ele ao criar um programa esta no direito de querer direitos de autor.

    agr por outro lado, é obvio q ele SABE para q é utilizado o tracker, e para alem disso tem como objectivo q esse tracker seja para conteudo pirata e nao freeware, no entanto nao esta escrito em lugar nenhum q o conteudo do tracker é pirata, apesar novamente do obvio, até pelo proprio nome do site.

    um bocado ridiculo nao haja duvida..

    cumps;)

  5. LOOOOL ele ha cada uma…

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: