« Ashampoo Burning Studio 2010 – 9.12 Uso de P2P reduz drasticamente na Suécia »
15/10/2009
Escrito por em Nacional | 4.263 Leituras

Algumas práticas informáticas, como a programação e difusão de vírus, não tinham, até ao momento, qualquer consagração legal. Mas, a partir de hoje, estes são contemplados na nova Lei do Cibercrime; esta nova lei também vai criar um organismo específico para combater estes crimes, bem como disponibilizar novos meios para que este tenha melhores condições para os investigar.

internet_policia

As autoridades terão acesso a dados relativos ao tráfego (contrariando o que tinha sido dito anteriormente pelo governo) e poderão intersectar comunicações de forma a conseguirem resolver determinados crimes.

Com esta nova lei em vigor, qualquer crime informático é considerado grave, podendo o autor deste crime ter uma pena de prisão até 10 anos.

______________________________________________________________________

Pode encontrar este e outros artigos de igual interesse no meu blog pessoal: PPLANDTEK

Este artigo foi escrito por em 15 Out, 2009, e está arquivado em Nacional, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

10 comentários em “Crimes informáticos e nova lei”
  1. Só um reparo: INTERCEPTAR, e não "intersectar". Têm signofocados diferentes.

  2. "significados", naturalmente.

  3. Isto inclui os p2p?

  4. AntiPiracy diz:

    Espero que finalmente a pirataria acabe! Pois os programadores são para serem pagos para os softwares descerem de preços.

    • Deves viver no pais das maravilhas!!! enquanto as empresas e editoras venderem a preço de "ouro" os seus produtos a pirataria não vai perder força.

  5. Se a pirataria acabar. Os programadores vão continuar a ser pagos e cada vez vai haver mais programadores. Pq os preços dos softwares vão subir. E iremos perder a possibilidade de encontrar um novo sistema que permita não só a divulgação da cultura ( o que eu tb incluo software) por todos os que estão ligados a Internet, mas também que os produtores de cultura sejam pagos pelo seu trabalho. A preços que todos possamos pagar.
    Dinheiro é poder e ganancia um poderoso motivador. O poder influencia o poder e a corda rebenta sempre pelo mais fraco. Estamos todos (por já somos alguns mas infelizmente não somos todos) ligados uns aos outros por algo que pode continuar a influenciar a maneira como pensamos e partilhamos muito do que se pode chamar de cultura. Por outro lado é também é algo que esta a estragar o negocio, mas pode ser um boa oportunidade de negocio. Basta pensar fora da caixa senhores produtores de cultura.

  6. AntiPiracy diz:

    Em vez de se querer so os softwares do nome X ou Y se, se utilizar software Open Source resolve-se muitos problemas, isso sim resolve parte do problema e ai as software houses descem ainda mais os preços. Agora chamar isso cultura, cultura é procurar uma solução para o problemas com fiabilidade e gratuita para Empresas e não pelo caminho mais curto que acaba sempre em "Pirataria" que está errado, para isso basta perder tempo a procurar soluções na internet, custa, de facto.
    Se não o fizessem não estariam neste momento a ler esta mensagem, mas é claro este forum é resultado da pesquisa de outros (normalmente), é importante ter soluções mas legais.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: