« Windows 7: Mudar automaticamente wallpaper Dica – Enviar mensagens grátis pela net »
11/12/2009
Escrito por em Mundo | 2.395 Leituras

Um grupo de artistas, activistas e cientistas juntou-se num manifesto para pedir que o próximo Prémio Nobel da Paz seja atribuído à Internet. A iniciativa já conta com uma página específica, http://internetforpeace.org/manifesto.cfm, onde qualquer pessoa pode apoiar esta candidatura. O estilista Giorgio Armani, a activista Shirin Ebadi, que recebeu o Nobel da Paz em 2003, e o cientista Umberto Veronesi são alguns dos nomes que aparecem a defender que o galardão seja atribuído à rede.

No manifesto, pode ler-se a explicação para a iniciativa: “finalmente, demo-nos conta de que a Internet é muito mais do que uma rede de computadores. É um lugar interminável de pessoas ligadas. Homens e mulheres de qualquer lugar cruzam-se uns com os outros, graças à maior rede social que a humanidade já conheceu”.

Segundo o El País, o impulsionador do manifesto foi Riccardo Luna, redactor-chefe da revista Wired em Itália, cuja ideia teve como ponto de partida as eleições no Irão. Os organizadores desta petição argumentam que o contacto entre as pessoas sempre foi o “antídoto mais eficaz” para evitar ódios e conflitos e, portanto, a Internet funciona como uma “ferramenta de paz”.

Até ao momento, quase 3000 pessoas já assinaram online o documento, no site da campanha. Delegações de várias empresas em Itália, da Sony Ericsson à Microsoft e Vodafone, já manifestaram o seu apoio.

Fonte: Diário de Notícias

Este artigo foi escrito por em 11 Dez, 2009, e está arquivado em Mundo, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: