« Encontrou uma falha no Chrome? então habilita-se a recompensa! Google Chrome 5.0 Beta [Build 307.1, Windows e Mac] »
31/01/2010
Escrito por em Mundo | 3.029 Leituras

A Fujitsu lançou em 2003 um terminal com o mesmo nome, apenas vendido nos EUA e que serve para verificar os preços, stocks e vendas em lojas e armazéns. Mas a histórias dos nomes copiados não acaba aqui.

Não é a primeira vez que a Apple se vê envolvida numa polémica por causa de denominações de produtos.

Quando o iPhone foi apresentado em 2007, a Cisco mostrou intenção de processar a Apple, uma vez que ‘iPhone’ era o nome de um telefone seu que usava o protocolo VoIP.

Agora, a polémica é sobre a designação ‘iPad’. Mas, apesar de o produto da Fujitsu estar no mercado há cerca de seis anos, só no início de 2009 é que a Fujitsu iniciou o processo de registo da marca.

Masahiro Yamana, director de relações públicas da empresa nipónica, confirmou que soube antecipadamente que a Apple iria lançar um tablet com o nome iPad e reiniciou o processo de registo em Junho.

United States Patent and Trademark Office confirmou esta informação e é sabido que a Apple conseguiu registar internacionalmente o nome iPad no mês seguinte, em Julho.

Assim, o registo cabe oficialmente à Apple, apesar de a Fujitsu ter sido a empresa que criou a designação, embora para um produto completamente diferente.

O gabinete de patentes americano referiu ainda que a empresa de Jobs preencheu melhor os requisitos pedidos para o registo da marca. Apesar disto, a luta pelo nome pode mesmo avançar e a Apple tem até 28 de Fevereiro para confirmar a disputa pelo nome, nos termos da lei, com a Fujitsu.

Onde é que eu já vi isto?
Mas o nome iPad está longe de ser original. Segundo o New York Times, esta é igualmente a designação usada em alguns motores da Siemens, de uma marca de sutiãs da marca canadiana de lingerie Coconut Groove e de um aparelho de encriptação de dados da Mag-Tek. Até existia um projecto para uma torre com este nome no Dubai.

Aliás, a haver um verdadeiro confronto de nomes em tribunal, este será entre esta última empresa e a Apple, uma vez que a Mag-Tek tem a marca devidamente registada, embora a apresente como IPAD.

Fonte: Bit

Este artigo foi escrito por em 31 Jan, 2010, e está arquivado em Mundo, Notícias, Tecnologia. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
8 comentários em “Afinal, havia outro..iPad!”
  1. texuguinho diz:

    com tantos nomes k há para registar anda a dar nomes já existentes podiam por ItouchPad

    • Carlos Maia diz:

      iTouchPad ia dar a ideia que o iPad era apenas um iPod Touch maior (o que não é, de todo, mentira), e assim as pessoas dariam menos importância, pois não era nada novo!
      No entanto, chamando-lhe iPad dá uma ideia de ser muito mais inovador! Em termos de mercado, iPad funciona muito melhor!

    • Link da fonte corrigido. Por erro estava “http://www.kerodicas.com/noticias/www.bit.pt”, mas era objectivo meu manter as devidas fontes.

      Peço desculpa pelo problema.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: