« avast! 5 Home Edition 5.0.418 Final HTML5 no Internet Explorer? Sim, já é possível! »
22/02/2010
Escrito por em Insólito | 2.703 Leituras

…é esta a decisão tomada de um grupo anti-pirataria que avançou com um caso em tribunal e perdeu. No início de Fevereiro, o Tribunal Federal australiano deu uma grande «chapada» na indústria cinematográfica, ao decidir contra a AFACT, um grupo australiano anti-pirataria onde podemos encontrar, entre outros, a respresentação de grandes produtores como a Universal Pictures, Brothers Waber ou a 20th Century Fox.

Esta burlesca história remete-nos ao ano passado quando a AFACT decidiu processar o ISP iiNet australiano, com a alegação que estes Sres estavam a infringir direitos de autor no sentido em que não fizeram nada para impedir que os seus utilizadores efectuassem o download de conteúdo protegido por direitos de autor. Uma vez iniciado o julgamento ficou decidido pelo juiz que afinal a iiNet não violou nenhuma lei.

Ora como estes processos acarretam custos, que não são tão baixos quanto isso, a factura emitida foi «somente» de 5,08 milhões de dólares, valor que a AFACT não diz querer evitar pagar, ou pelo menos parte desse valor. Assim sendo, foi apresentado e aceite um recurso para o considerado exagerado valor da factura do processo.

Veremos o que sai deste pitoresco caso, que, em parte, é uma grande lição para as multinacionais que por vezes apontam baterias para os lados errados.

Este artigo foi escrito por em 22 Fev, 2010, e está arquivado em Insólito, Mundo, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
6 comentários em “Perdi um caso em tribunal contra «piratas»? então não pago nada…”
  1. [quote] a factura emitida foi «somente» de 5,08 de dólares, valor que a AFACT não diz [/quote]

    Acho que falta ali uns milhões ou coisa assim… ou então são só 5 dólares….. mas sendo assim não era caro….

    Cumps

  2. LOL. Nao deixam escapar nada.
    Cumps

  3. André Neto diz:

    Quando um ISP terá total controlo sobre o que os utilizadores fazem?
    há sempre maneiras de contornar estas questões.
    Acho bem esses senhores da anti-pirataria que aprendam a não serem os donos da verdade.
    Cumps

  4. Se fosse o contrário já tinham k pagar. Estes tipos metem nojo.

  5. “a AFACT não diz querer evitar pagar” ?
    um “não” a mais, não? :P

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: