« Uma grande percentagem de utilizadores do BlackBerry convertia-se para o iPhone ou Android Dica: serviço online de corte de músicas em MP3 »
18/03/2010
Escrito por em Mundo | 1.612 Leituras

As relações entre China e Google andam tensas e ao que se pode ler no relatório da MSNBC, o Google deixou de acatar os pedidos de censuras por parte do Governo Chinês. Aonde é que pode levar esta situação? ainda não se sabe, mas concerteza que não será a um bom sítio…

São vários os peritos que afirmam não saber muito bem o que se passa com os filtros do Google.cn, pois determinadas expressões, consideradas ilegais pelo governo chinês, quando procuradas no motor de busca chinês, apresentam resultados muito parecidos aos do Google EUA.

O que se sabe para já é que vão haver mudanças para breve, seja um novo acordo Google/China, seja a desistência do Google em operar na China, seja manter tudo como está actualmente, o importante é que as decisões que se tomem poderão vir a representar mudanças drásticas.

Na pior das hipóteses, fechar o serviço do Google na China, seria um duro golpe ao governo chinês, habituado a que cedam ás suas pressões, desta vez terão de se «ajoelhar», pois de outra forma sujeitam-se a ficar sem serviços como: Google Maps, Gmail, Google Docs, Picasa e até mesmo do motor de busca, serviços estes que fazem mover a economia de muitas empresas na China.

É esperar e ver…

Este artigo foi escrito por em 18 Mar, 2010, e está arquivado em Mundo, Notícias, Websites. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
2 comentários em “Censura das pesquisas Google na China, fim anunciado?”
  1. Há dois pontos de vista a salientar aqui: o da Google e o do Governo Chinês. Embora este segundo vá contra os meus ideais, se é o responsável por ditar as regras no país em questão, então a Google deverá obedecer-lhe. No entanto, a posição da Google é algo que defendo completamente: devem opor-se a um regime que existe e que lhes não é favorável, e criam um ambiente tal que, se o governo não ceder, poderá originar revoltas contra o mesmo. Simplesmente uma ideia de génio, e por mim é mais que tempo para tirar este pseudo-comunismo da China.

    • Lycanthrope diz:

      Pois… mas o “problema” do pseudo-comunismo da China é que está a levar a china a atingir niveis de desenvolvimento estonteantes, como ser um “major player” no comércio internacional e poder político internacional.
      Normalmente os regimes mais ditatoriais vão abaixo mas é quando o país não vai para a frente, que não é o caso da china… por isso ainda deve demorar algum tempo até isso acontecer.

      De resto estou de acordo com os teus dois pontos:)

      Cumps

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: