« LastPass 1.66.0 – Guarde as suas passwords com segurança! Sumo de iPad?!?!?!?!? »
06/04/2010
Escrito por em Notícias | 2.534 Leituras

Hoje em dia as coisas não andam famosas no mundo da tecnologia peer-to-peer. Cada vez mais países adotam políticas de forma a limitar ou fechar trackers de torrent, como foi o caso do The Pirate Bay, que era um dos principais motores de funcionamento do «ecossistema» BitTorrent.

No entanto, os avanços tecnológicos são inevitáveis, mesmo que a Indústria musical se ponha a multar tudo e todos, irão existir sempre alternativas. É uma realidade que muitos não querem aceitar, é uma realidade que se manterá por muito tempo e exemplo disso é o Tribler, um cliente BitTorrent open source, desenvolvido pela universidade de tecnologia de Amesterdão, que na sua essência permite efectuar procuras descentralizadas de trackers, ou seja, não irá buscar os .torrent a um só sítio, mas por toda a rede.

Essa é a grande mais valida do Tribler, a procura descentralizada, que deixa de significar procuras específicas em trackers como o Pirate Bay ou o Mininova, tornando o utilizador e a rede independentes de determinados trackers P2P.

Como se trata de um sistema em plena evolução, o Tribler apresenta recursos poderosos para, por exemplo, impedir o eventual spam que possa surgir numa rede como a sua, descentralizada, obtendo-se assim melhores taxas de transferência. Para tal, foram implementados dois novos sistemas de classificação: BarterCast e SwarmRank. O primeiro é algo parecido com o PageRank do Google para torrents só que possui um sistema mais fiável e rápido. O segundo é responsável por dar mais pontos aos utilizadores que partilhem os melhores e mais famosos arquivos.

Apesar de ainda não ser muito conhecido, é muito provável que o Tribler possa vir a ganhar destaque de futuro tendo em conta as principais notícias de «caça» ao tracker, tanto pela indústria holywodesca como pelos próprios governos. Para os mais cépticos o ideal é experimentar o programa e ver por si mesmo os excelentes resultados obtidos.

Este artigo foi escrito por em 06 Abr, 2010, e está arquivado em Notícias, Websites. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
1 comentário em “Tribler, evolução natural do «ecossistema» BitTorrent?”
  1. Seveconfidential diz:

    bem …ate ke num futuro podera ser ke sim …pa ja ..e eu tou a testar .. é mto lento …e frakinho de opçoes … Nao me convence por agora … mas gracias pela dika

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: