« Nexus S – Segundo smartphone da Google e o primeiro a correr Android 2.3 Avira Antivir Personal, protecção em tempo real contra ameaças »
08/12/2010
Escrito por em Gadgets | 3.885 Leituras

A fragmentação existente nos dispositivos com Android sempre foi um calcanhar da Aquiles do SO. As diferentes versões que incluem a versão 1.5 à 2.2, com a versão 2.3 ao virar da esquina, sempre foram uma dor de cabeça para os developers de aplicações para o Android. Os novos dados revelam que as versões mais antigas estão a ter uma reduzida margem de dispositivos, com as versões 2.1 e 2.2 a somar a totalidade de 83% dos dispositivos com Android. No KeroDicas.com, actualize-se dos últimos desenvolvimentos das quotas de mercado.

No último report relativo às oscilações das quotas de mercado das diferentes versões do Android, a conclusão aponta para o declínio das versões 1.5 e 1.6 agora com 6.3% e 10.6% do total de dispositivos Android, respectivamente. A boa nova prende-se com a ascensão da versão 2.2 que ultrapassa em cerca de 3,8 pontos percentuais a versão 2.1. De referir que estes dados foram obtidos durante duas semanas, acabando no dia 1 de Dezembro. A contagem foi feita através dos dispositivos que se ligaram ao Android Market durante o período em análise.

Em termos históricos, é apresentado o seguinte gráfico:

Da análise gráfica é possível concluir que a versão 2.2 do Android teve um crescimento estrondoso apartir do dia 15 de Agosto de 2010. A versão 2.1 (Éclair) foi a que mais sofreu com o crescimento da versão 2.2 (Froyo) começando o período em análise com uma incidência de quase 50% do total de dispositivos equipados com o Android para um final abaixo dos 40%.

É de esperar que os dinossauros 1.5 e 1.6 desapareçam do mercado e assim possibilitar novos avanços nas aplicações para este SO, sem que os developers tenham de se preocupar com o suporte às versões mais antigas do Android.

Opiniões, posições e oposições–> comments section!!


Este artigo foi escrito por em 08 Dez, 2010, e está arquivado em Gadgets, Notícias, Tecnologia, Telemóveis. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
5 comentários em “Fragmentação de versões Android agora mais concentrada”
  1. Infelizmente tenho um Magic com a versão 1.5 onde a tão prometida actualização nunca apareceu.

    A culpa é das marcas que se aproveitam deste facto e não lançam as devidas actualizaçoes de forma a obrigarem a compra de novos equipamentos.

    Gosto bastante do meu magic, mas estou de pé atrás para comprar outro android / HTC

  2. Ja pensaste utilizar roms nao oficiais???

    Tenho um boston com froyo e sinto-me super satizfeito.

  3. as actualizações oficiais são uma treta, prefiro as rom’s personalizadas!

    @Alexandre Pinto
    Mete uma custom rom e garanto-te que não vais arrepender!

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: