« Borla – Lavasoft Ad-Aware Pro Domínios super-baratos na Godaddy »
01/01/2011
Escrito por em Nacional | 4.195 Leituras

É verdade, o “Linux Português” como lhe é atribuído o nome, vai ser baseado em Debian na sua versão 16 que tem lançamento previsto para o próximo mês de Abril. Que bela maneira de começar 2011.

cm

Além desta mudança o Caixa Mágica 16 irá também partilhar pacotes com distribuições baseadas em Debian como é o caso do Ubuntu ou do Mint, casos de sucesso pela adesão que têm tido.

Num comunicado, dizem que a principal razão para esta, difícil, mudança é o feedback por parte dos utilizadores e clientes que, preferiam uma base que não a actual, o Mandriva.

Para quem não sabe esta mudança é uma mudança quase faseada já que, na edição actual, a 15, o meta-instalador de pacotes é o APT invés do urpmi, algo que já tem tido o seu agrado por parte de alguns utilizadores, embora seja já enraizado no Mandriva, pois é a sua base desde 2007.

Embora esta mudança seja para breve, o suporte às versões 12, 13, 14 e 15 continuará assegurado, continuando assim o trabalho com a Mandriva.

Outros objectivos estão traçados pela Caixa Mágica para os próximos 5 anos, de acordo com o seu comunicado, em áreas que já operam como o networking e mobile através das parcerias com o projecto europeu ULOOP e dos avanços em Android através do Aptoide e Bazaar, em áreas como o desenvolvimento dos meta-instaladores como o APT usado no CM 15, na computação eficiente e amiga do ambiente e ainda na consultoria open source, uma grande vertente da Caixa Mágica.

caixamagica

Sinceramente, esta era das mudanças mais necessárias no Caixa Mágica que, apesar do seu sucesso nacional, ainda é algo pequeno em comparação aos “tops” de outros países, e notando também a tendência do mercado para a utilização das distribuições baseadas em Debian e em Gnome (Gnome esse também já uma das escolhas na instalação do CM 15).

E na sua opinião? Acha que é algo que vai fazer expandir mais o mercado e utilização do Caixa Mágica? Acha que os Debian baseds já são demasiados? Deixe a sua opinião.

Vale lembrar que o KeroDicas teve a oportunidade exclusiva de uma entrevista com Pedro Trezentos, Director Técnico da Caixa Mágica

Este artigo foi escrito por em 01 Jan, 2011, e está arquivado em Nacional, Notícias, Tecnologia. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
3 comentários em “Caixa Mágica 16 baseado em Debian”
  1. Tenho apenas um comentário a fazer quanto a um erro que detectei enquanto li o texto… Não se diz aderência, mas sim adesão. Aderência tem uma sapatilha, ou um pneu ao chão. Adesão, tem uma causa.

    Bem, deixando o Português um pouco para o lado… isto é fantástico. Simplesmente fantástico. Sinceramente, não cabe na cabeça de ninguém ter distribuições a descender de outras, que descendem de outras, que … já perceberam a ideia. Mint está melhor, Caixa Mágica parece querer melhor, e está tudo no bom caminho.

    Actualmente uso Linux Mint Debian Edition, x64, e só noto melhorias no que toca a estabilidade.

    • Pois, mas a “vantagem” das distribuições Linux, é que com tanta variedade é quase impossível não encontrares uma que gostes mesmo lol. Eu uso maioritariamente Windows mas de momento estou agradavelmente pregado ao Ubuntu :)

      Cumps

      • Não nego, muito pelo contrário, não poderia concordar mais. A meu ver, a variedade de escolha é um ponto a favor. Embora haja quem defenda que pelo facto de haver tanta variedade, não há tanta gente a usar Linux, uma vez que não há uma e só uma distribuição, um pouco como Windows e Mac OS.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: