« Wikipédia chega a 2011 sem ter de incorporar publicidade Handbrake, o «Golias» da conversão de vídeo »
04/01/2011
Escrito por em Mundo | 3.244 Leituras

O jornal norueguês Aftenposten publicou hoje, via WikiLeaks mais uma bomba informativa. A notícia reporta a 2007, e refere-se a uma situação que opõe China aos EUA. Tudo começa quando a China lançou um míssel do centro espacial de Xichang (Sichuan), destruindo um satélite dos EUA, violando assim acordos internacionais. Esta foi, sem margem para dúvidas, a primeira clara ameaça do poder chinês que visava um satélite supostamente espião e que demonstra, por outro lado, a forte corrida militar espacial que se tem vindo a notar nas grandes super-potências.

Como se pode ler no diário, a importância dos satélites é fundamental como base para a navegação, vigilância e desenvolvimento da comunicação militar em curso. Os EUA e a NATO usam seus sistemas de armas e mísseis de alta tecnologia e sistemas de comunicação baseados em satélites, são totalmente dependentes. Embora naquela altura o governo chinês tenha alegado um erro e que o seu propósito era pacífico, agora foi revelado o contrário.

As revelações vão mais longe e reflectem o grau de preocupação com uma nova corrida ao armamento militar no espaço. São três os pontos marcadores da investigação:

1. A China realizou pelo menos três ataques com mísseis a satélites secretos no espaço, “fechado” assim de acordos internacionais.

2. Os Estados Unidos tiveram de mudar a direcção de vários dos seus satélites, para evitar a colisão.

3. A Estação Espacial Internacional (ISS) teve que afastar-se para evitar o risco de ser afectada por resíduos provenientes dos testes nucleares levados a cabo pela China.

Para já, existe uma troca de acusações entre a China e os EUA. No lado dos EUA, criticou duramente as acções da China e estão alarmados pelas empresas emergentes chinesas no espaço exterior, especialmente aqueles mencionados em relatórios como pertencentes ao projecto ‘Star Wars’. No caso da China, o país está relutante e critica abertamente os Estados Unidos pelo sua política.

Pessoalmente pergunto: será bom andar a «picar» ainda mais estes países potência com as divulgações Wikileaks? Será que estamos à procura de mais uma guerra? Será que ainda há bom-senso?

Este artigo foi escrito por em 04 Jan, 2011, e está arquivado em Mundo, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
5 comentários em “Wikileaks revela: está a decorrer uma Star Wars entre os EUA e a China”
  1. Mais grave do que isso é o que a imagem relata. Poluição extrema em órbita do nosso planeta que para além de tapar luz solar também dificulta muito o lançamento de novos satélites. Alguma entidade deveria responsabilizar-se por todos estes detritos.

  2. André, a imagem é uma sátira, temos muitos satélites em orbita(não sei quantos) mas não são assim tantos…

  3. Peço desculpa ao rui, mas o andré tem razão…
    aqui fica um link em que se lerem a legenda… logo nas primeiras linhas percebe-se que a quantidade de lixo, em numero pelo menos, é enorme uma vez que os pontos não estão à escala da terra…

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Debris-GEO1280.jpg

    aqui fica outro com um texto bastante interessante sobre o tema…o bom é que pelo que parece os detritos pouca diferença fazem ao comum mortal…

    http://super.abril.com.br/superarquivo/1988/conteudo_111185.shtml

    P.S.: o espaço não é de ninguem por isso ninguem é responsavél pelos detritos…loool
    abraço.

  4. “P.S.: o espaço não é de ninguem por isso ninguem é responsavél pelos detritos…loool
    abraço.”

    desculpa lá, mas foi a coisa mais ridícula que li nos últimos tempos.:S

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: