« Operation Flashpoint: Red River ganha novo trailer… Controle o seu PC remotamente pelo Twitter »
30/01/2011
Escrito por em Gadgets | 3.362 Leituras

Os ventos que outrora sopravam a favor da Nokia, parecem abandona-lá com o passar do tempo. As quotas de mercado diminuem, o Sistema Operativo principal continua a acusar a idade sem conseguir renovar-se para as novas exigências impostas pelos clientes. O timming de acção começa a desaparecer e é necessário a tomada de uma acção forte e com potencial para o futuro próximo. Os rumores do próximo passo da empresa finlandesa crescem. Fundados ou infundados? Conheça alguns desenvolvimentos da, ainda, líder de mercado de telemóveis e smartphones.

Com a conclusão do ano de 2010, vem as análises do ano passado assim como os resultados do último quadrimestre de 2010. A adição do smartphone N8 e do C7 foram apostas conseguidas pela empresa, ao aumentarem a margem operacional de 11.3% para 12%, dados do terceiro quadrimestre de 2010. Contudo, os resultados apresentados mostram ainda um declínio significativo na margem operacional, visto que no último quadrimestre de 2009 este resultado ascendia aos 14.5%. Todavia, estes dois dispositivos permitiram à Nokia ter ofertas com uma maior margem de lucro, visto pertenceram à gama alta destes dispositivos no mercado.

Apesar da Nokia observar 4 milhões/dia de downloads da Ovistore, a sua quota global de mercado caiu para os 32%.

A empresa sabe que necessita de mudar porque o mercado mudou, por isso a Nokia tem de se mover mais depressa para assim ficar à frente do mercado.

Com novo CEO, sendo este antigo trabalhador do topo da Microsoft, Stephen Elop, reconhece que a guerra travada hoje em dia pelos concorrentes não é devido aos equipamentos em si mas os Sistemas Operativos que os acompanham.

A entrevista com Stephen Elop foi ambígua pelo apenas se pode especular com as palavras que ele disse. Para já, não está de parte a ideia da implementação de um Sistema Operativo diferente do Symbian, optando a Nokia por uma estratégia “Dual OS”. Apesar desta estratégia já ser seguida à algum tempo, com o Meego, este nunca teve um grande sucesso junto dos consumidores, e com impacto significativo nas vendas. Alguns analistas apontam que a escolha da plataforma Windows Phone 7 será uma implementação natural na empresa finlandesa sem modificações significativas na estrutura da empresa.

E vocês? Acham que seria um passo positivo para a Nokia? A meu ver: sim!

Opiniões, posições e oposições–> Comments Section!!


Este artigo foi escrito por em 30 Jan, 2011, e está arquivado em Gadgets, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
17 comentários em “Nokia prestes a deitar a toalha ao chão?”
  1. Boas Gonçalo.

    O problema da Nokia é o mesmo da Microsoft e chama-se “cegueira corporativa” ou “teimosia”, por mais que o mercado dá sinais evidentes eles não mudam na mesma.

    Assim como a Microsoft insiste em colocar o Windows 7 nos tablets a Nokia insiste em usar o desastre de sistema operativo chamado Symbian, o mais grave é que têm o Meego a mão de semear e não o usam, e é pena pois o equipamento é de boa qualidade, o software é que não lhe dá o brilho necessário.

    A queda de cota de mercado vai continuar ao longo de este ano, a menos que mudem radicalmente e apostem em força no Meego ou no Android, não me parece que a Nokia esteja disposta a usar o Windows Phone 7.

    Abraço. :)

    • Boas Pedro,

      Eu compreendo tudo o que disseste e concordo… em parte. A teimosia da Nokia em relação aos sinais de mercado é mais do que verdade porque já aconteceu antes. Quando a moda era os clamsheels, a nokia sofreu bastante com isso… mas depois deu-se bem ao integrar a nova tendência: slide. Por isso a Nokia aguentou-se.

      Mas o prob de agora é que o prob está no interior e não no exterior como era o caso. Eu não creio que a Nokia venha a aceitar primeiro os Android ao invés do WP7. Na minha opinião a Nokia teria muito mais a ganhar ao aceitar o WP7, principalmente na Europa (maior focus da Nokia). Porquê? Porque na Europa a marca Nokia e Windows tem uma grande estima por parte dos consumidores (que até aceitam o terrível Windows Mobile) por isso era juntar os dois mundos. Porque quase que aposto que haveria muitos “incultos” a aderirem ao WP7 apenas porque é da Nokia e como tal o que vier lá dentro é bom… assim como se pusessem lá o android, iam comprar na mesma por ser Nokia.

      Não digo nunca quanto a ver um nokia com wp7 e até acho que seria uma jogada inteligente da Nokia como disse acima :) Não querendo descartar por completo a tua opinião, nada disso porque isto não passa de um debate amigável :)

      Quando à teimosia da MS querer por o pesadissimo W7 em tablets, tenho acompanhado essa posição desde o inicio e sempre a achei ridícula! Não digo para porem lá o WP7 como está… dar-lhe uma otimização para ecrãs maiores, mas mantendo a compatibilidade entre as plataformas.

      Cumps :)

    • Tas bem, rapaz?
      Andas com pouca informação!!!! “Microsoft insiste em colocar o Windows 7 nos tablets” não é a microsoft são as empresas fabricantes de tablets ex. ASUS, HP, Sony, ..,. dedica-te a pesca k de informática pescas pouco!! A MicroSoft produz software dai o nome “Soft”!!! Se tens conhecimentos de informática adquiris-te numa universidade, pk aki em portugal os eng são tão bons que não sabem distinguir batatas de arroz!!

      • É verdade que a Microsoft apenas está encarregue da parte “Soft” mas isso não invalida que a MS pressione os fabricantes a fazerem tablets com o W7. Aliás, a MS está a pressionar a Intel para que esta fabrique um Atom de 16 núcleos. Por isso, mesmo a MS estando apenas no mercado do Software, devido à sua grandeza e importância pode fazer várias imposições aos fabricantes ;).

        Cumps

      • Pedro Monteiro diz:

        A Microsoft é só Soft? Pelos vistos tu é que andas com falta de informação e muita! :roll:

      • Caro Jorgep,

        A Microsoft é basicamente uma empresa que vende software, mas não só, vende também serviços, e vende algum hardware como por exemplo teclados, ratos, webcams, e obviamente o Zune e a Xbox, mas de qualquer modo isto é irrelevante para o caso em questão.

        As empresas fabricantes de tablets só colocam no seu equipamento aquilo que a Microsoft deixar, e o que está precisamente a acontecer é que a Microsoft não quer de maneira nenhuma autorizar a colocação do Phone 7 nos tablets.

        E não gosto de pesca, digamos que é… vá… aborrecido.

        P.S.: Os engenheiros em Portugal são tal e qual como nos restantes países, há bons e há também maus.

        • loool bons? 1 ou 2? e tiraram o curso a mais de 5 anos! pk desde k entrou bolonha já pessoas com mestrado sem ter experiência na área funcional!!! eu sou eng e trabalho diariamente com eng novos e velhos, falo pelo k vejo!!
          se repares todos os equipamentos k falas-te são acessórios, a excepção da Xbox! e a microsoft não sobrevive a custa deles!
          por isso pode-se dizer que a microsoft é fabricante de software!
          A microsoft escusa de fazer pressão pk o mercado é k manda, há mais utilizadores de windows do que “outros”!! por isso os fabricantes são obrigados a usar windows! já vi muitos portateis com linux a serem lançados e a não chegarem ao mercado, a maioria das lojas não faz stock deles! só por encomenda! os fabricantes k virem as costas ao windows e metam linux e kero ver quem vai comprar!!! não há nenhuma lei k diga k só podem meter windows… por isso!!! tentem!!! eu aposto k não vão mt longe!!!

  2. Quando se julgam donos do mundo e imperialistas, não se pode fazer nada até que que batam com a cara na parede.

    Todos nós estamos fartos de saber que o Symbian não é o futuro, mas se eles insistem assim nada poderemos fazer a não ser voltar a ver a Nokia a dedicar-se ao sector onde começaram: a madeira…e acho que nem aí eram bons!

    • LOL, quanto a serem bons ou maus na madeira não faço a mínima, mas ainda bem que passaram para o mundo dos telemóveis porque dominaram as tendências durante muitos anos – antena interna, menus botões, telemóveis mais compactos…

      Mas as empresas só se dão conta quando começa a doer-lhes no bolso ;)

      Cumps

  3. Isto dos OS de telemóveis, está mais que visto…ANDROID…cumpre com os três B’s…Bom, Bonito e de Borla… xD daí estar a conquistar, a passos largos, os utilizadores de todo mundo… Admira-me não acontecer uma revolução parecida com os OS dos PC’s, o que é uma pena, pois o linux é muito competente… A cena das compatibilidades é que não permite uma transição expedita senão…bye bye windows… desculpem o parênteses sobre OS dos PC’s….

    P.S.: Era interessante um artigo comparando os OS dos telemóveis, com os benefícios, potêncialidades, limitações e cotas de mercado de cada um…e já agora com umas dicas de fóruns com apps e dicas de cada sistema operativo…fica a dica…

    Abraço.

    • Ihihih… olhe que esse do “Borla” não deve ser bem bem bem assim… Existem equipamentos relativamente baratos com android, mas não são de borla. Aliás, os próprios fabricantes pagam à google pelo uso…

      Quanto à revolução também acontecer nos PCs… isso não acontece porque a concorrência não é tão má quando isso… mas principalmente porque a concorrência é mais user friendly que o Linux… Refiro-me em termos gerais. Apesar de o linux possibilitar fazer tudo e mais alguma coisa com a consola, esse método não é o mais user-friendly… por isso é que a base instalada não cresce exponencialmente. É verdade que agora está mais user-friendly que versões passadas, mas ainda não está “no ponto”.

      Quanto aos parênteses, meu caro, expressa a tua opinião à vontade (sem descuidar o nível mínimo de boa educação claro, lol) o KeroDicas.com é livre e agradece todo o feedback dos seus utilizadores.

      Quanto à sua sugestão, é um bocado limitativo para nós, visto que não temos os equipamentos todos para fazer uma análise mais justa. Contudo, será tida em conta em futuros artigos. Não leve a mal caso demore a aparecer a sua sugestão aqui no KeroDicas.com mas não será esquecida.

      Cumps

    • Olá Diogo,

      Fica aqui um link para um guia bastante completo e exaustivo do Android, escrito pelo Kevin Purdy do site Lifehacker, leitura recomendada para todos os que tenham um smartphone Android:

      http://www.completeguides.net/01_The_Complete_Android_Guide

      Abraço. :)

  4. até li a tempos que fica mais barato um windows mobile que um android para os fabricantes, fica o link

    http://blogs.forumpcs.com.br/noticias/2010/09/01/o-android-e-mais-caro-que-o-windows-phone-7-para-os-fabricantes/

  5. lá se vai o meego =/

  6. duvido que vá à vida, até porque a intel e amd não o deixariam. é realmente a única hipótese da nokia, essa, ou adoptar outro sistema que não o seu symbian. O meego ja tem um investimento brutal para ser posto de lado, era bizarro uma situação dessas, mas vindo da nokia já não digo nada

  7. e não é só isso eles estão a perder para o mercado dos telemoveis com DualSim vendas, visto que é raro encontrar um telemovel em primeira mao a 120 euros ou ate mesmo 70, já a samsung, LG e a ZTC conseguem estar bem patentes nesse tipo de mercado.

    Acho que agora a nokia tem que perceber o mais rapidamente o que se está a passar se não é o fim da era Nokia nos lugares cimeiros dos habituais rankings mundiais. ;)

  8. Relativamente à questão do preço do equipamento para o fabricante, para o utilizador comum tanto faz…o que interessa é quanto sai do bolso do utilizador… ninguém se importa se eles têm mais ou menos lucro… quanto ao symbian vs android, a nokia tem muito a ganhar se colocar os seus engenheiros a trabalhar com android (alias esta é questão pertinente, o porque da nokia não adoptar de um dia pro outro o android? é que não sei até que ponto é que têm o circo devidamente montado para o receber, porque é importante não esquecer que a “logistica” de symbian não tem nada haver com a do android…) vice-versa uma vez que a implementação do seu OS nos nokias certamente conquistaria os “nokianos”… e tambem me atrevo a dizer que seria um casamento quase perfeito….nokia com android…humm….

    Abraço.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: