« Apresentado o primeiro processador orgânico Twitter “desbloqueia” as aplicações para smartphones »
21/02/2011
Escrito por em Mundo | 2.535 Leituras

the

Tenho alergia sazonal desde que me lembro, principalmente a partir de Maio até Julho, altura dos pós de pinheiro (e não só), e nunca ajudou viver perto de pinhais…mas com a ajuda de antiestamínicos, fui conseguindo controlar as alergias caracterizadas por espirros e lágrimas nos olhos todo santo dia. Mas perguntam vocês, porque motivo se fala disto num blog de tecnologia? pois parece que os médicos acabam de descobrir vários casos de pessoas alérgicas ao WiFi, apesar de não ser a primeira vez que falamos deste assunto por aqui.

Foi um especialista do Hospital Clinic de Barcelona que fez soar o alerta depois de descobrir que a proliferação de redes Wi-Fi estava a provocar danos nalguns pacientes, que tinham sido directamente afectadas pelas ondas electromagnéticas provocadas pela tecnologia sem fios WiFi. Muito resumidamente, os sintomas de alergia ao Wi-Fi, centram-se nas dores de cabeça até ao aparecimento de eczemas na pele, vómitos, ansiedade, insónia, coceira na pele e nos olhos, irritabilidade, entre outros sintomas.

Toda esta panóplia de sintomas acaba por se revelar ao fim de exposição prolongada a ondas das redes Wi-Fi, às quais todos nós, queiramos ou não, estamos totalmente expostos.

De momento, o único remédio possível é evitar o contacto de alcance com as ondas WiFi, ou então, caso possam, afastar-se de zonas onde a tecnologia em questão é predominante.

Este artigo foi escrito por em 21 Fev, 2011, e está arquivado em Mundo, Notícias, Tecnologia. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
3 comentários em “Alergia ao WiFi é uma realidade?”
  1. Não acredito que seja alergia pelo simples fato de que alergia é uma reação provocada por proteínas/aminoácidos, não estou questionando que isso não exista mas a acho que não pode ser classificado como alergia.

  2. Eu cá tenho esse sintomas mas é com as ligações a Internet de fraca qualidade, leia-se todas as que já testei, e em especial com as 3G, e o sintoma de irritabilidade é o que mais se manifesta, LOL.

    Ora bem, o telelé dá cancro e o Wi-Fi dá alergia, pelo andar da carruagem a tecnologia será exterminada mais dia menos dia em nome da saúde, acho que vamos ficar sem emprego, vais ter que dedicar o Kerodicas aos cozinhados ou a costura. ;)

    Abraço. :)

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: