« Music Beta by Google, o centro de músicas da Google Cartão de Eleitor «renasce» no telemóvel »
11/05/2011
Escrito por em Notícias | 2.184 Leituras

Já ninguém tinha muitas dúvidas mas foi no passado mês de Março que o Chrome, acompanhado do Firefox, foram declarados como sendo dos exploradores de Internet mais seguros que existem actualmente, durante a conhecida conferência Pwn20wn que propõe a hackers profissionais encontrar e explorar qualquer vulnerabilidade pagando depois um prémio apelativo. Ora parece que agora uma empresa de segurança, a VUPEN Security, divulgou hoje um vídeo onde informa ter encontrado um par de vulnerabilidades do Chrome e que com isso que lhe permitiria assumir o controlo do computador do utilizador.

O ambiente utilizador para explorar a vulnerabilidade foi um sistema baseado no Windows 7 SP1, 64 bits, com o Google Chrome na versão 11.0.696.65 de onde se acabou por originar, por exemplo, a execução por controlo remoto a calculadora do Windows. Aparentemente parece que esta não é a primeira vez que a Vupern encontra este tipo de vulnerabilidades, apesar de nunca o ter tornado público, pois são uma empresa de segurança e têm de sobreviver de alguma forma, vendendo para o efeito essa informação.

O vídeo  que apresentamos mais abaixo é uma demonstração da execução da calculadora, porém, poderia ser utilizado o mesmo método para inserir um cavalo de Tróia que são das ameaças mais perigosas que existem pela Web. Por outro lado, convém também informar que apenas na plataforma Windows é possível explorar esta vulnerabilidade.

Este é grande revés para os rapazes de Mountain View, hasteavam a orgulhosa bandeira da segurança que acaba por cair totalmente por terra. Certamente acredito que a coisa não fica por aqui e muito em breve actualizações serão lançadas que possam corrigir esta grave falha. Entretanto fiquem com o vídeo para terem uma melhor percepção:

Este artigo foi escrito por em 11 Mai, 2011, e está arquivado em Notícias, Segurança. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
8 comentários em “Chrome em risco com descoberta de grave vulnerabilidade”
  1. “foi um sistema baseado no Windows 7 SP1, 64 bits, com o Google Chrome na versão 11.0.696.65” – Devo começar a ficar preocupado?!
    O meu sistema tem estas características.

  2. eu espero que recuperem rapidamente deste problema… pois gosto bastante do explorador, é o meu de eleição…

    senão, terei de mudar para o Opera.

  3. com um bom antivírus não há nada a recear

  4. Edgar Ed diz:

    Não sei até que ponto não será um fake este vídeo. Há gente capaz de tudo só para ir ganhando mais alguma fama, inda para mais se é uma empresa de segurança online como esta.

  5. Sérgio P:C. Meneses diz:

    já fizeram a actualização 6.98

  6. Ricardo Campos Kawase diz:

    Apesar de ter que configurar sempre o zoom, (o que é minha única critica contra a rapoza de fogo).Eu amo-te firefox junto com o flag fox e o adblock puls, tu és despretensioso e quase perfeito!!

  7. Ricardo Campos Kawase diz:

    Tcs,tsc,tsc…coincidentemente(se e’ que existe isto)achei solução!!

    Tem um monitor grande com uma alta resolução? Vive dando zoom em suas páginas…? Atribua um valor de zoom fixo e não perca tempo toda vez atribuindo o zoom para cada nova página!

    Digite about:config na barra de endereço e mude as seguintes configurações do tipo Inteiro:

    Chave: zoom.maxPercent
    Valor proposto: 120
    Descrição: Definir o valor máximo de zoom

    Chave: zoom.minPercent
    Valor proposto: 120
    Descrição: Definir o valor máximo de zoom

    *O exemplo utiliza o valor Máximo e Minimo de 120%, ou seja, o Firefox só poderá exibir páginas com o zoom 120% assim ele ficará “preso” nessa porcentagem e você não precisará definir o zoom nas páginas que você for visitar

    Outra dica é usar algum complemento juntamente com a dica acima, ou apenas o complemento se ele cumprir corretamente o desejado, a exemplo recomenda-se o “Default Full Zoom Level” que pode ser facilmente encontrado em: http://addons.mozilla.org

    Tão facil …

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: