« BitDefender Security Scan, o que parece nem sempre é… 99% dos telefones com Android são vulneráveis a ataques »
18/05/2011
Escrito por em Notícias | 1.528 Leituras

A notícia chega ao KeroDicas.com através do Wired que publicou um relatório da Sandvine e já se espalhou um pouco por toda a rede, por se tratar de facto de algo que muitos diziam ser impensável: o tráfego de conteúdos pagos superou o tráfego de pirataria nos EUA, suportando que o modelo de conteúdos de qualidade pode perfeitamente superar os demais.

O exemplo é, obviamente, o Netflix, objecto de desejo de muitos aqui pela Europa e que deita por terra até as mais maquiavélicas teorias da conspiração sobre a viabilidade do negócio dos conteúdos multimédia e entretenimento pagos.

Assim, pela primeira vez o tráfego do peer-2-peer perde terreno implicando, na minha perspectiva, uma mudança radical da visão que as editoras, distribuidoras e demais empresas do ramo têm sobre a Internet. A Sandvine apresenta um relatório referente à Primavera 2011 e coloca a Netflix com 30% do tráfego de banda larga comparativamente com 21,6% de tráfego ocupado pelo BitTorrent.

Neste caso são também incluídos os conteúdos de streaming para o qual contribuíram eventos como torneios de basquebol, o casamento real inglês e o torneio de golf da PGA. Se considerarmos que o valor mínimo da mensalidade com o Netflix é de 9 dólares é natural que estes valores comecem a ganhar outro fôlego e possam mesmo chegar e conquistar a Europa mais rapidamente do que seria de esperar.

Cabe a quem de direito analisar estes dados e reflectir que, ao invés de mega-processos judiciais, o modelo de negócio pode passar para generalização de conteúdos a preços exequíveis.

Para os mais curiosos fica AQUI o relatório completo da Sandvine.

Este artigo foi escrito por em 18 Mai, 2011, e está arquivado em Notícias, Websites. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: