« Gravador externo Blu-ray BDXL premiado com um iF Award Jogabilidade multiplataforma na PS Vita e na PS3 por um único preço »
16/02/2012
Escrito por em Destaques | 1.580 Leituras

nvidia-tegra31-550x389

Com o mercado móvel ao rubro, com lançamentos de inúmeros equipamentos móveis pelos diversos fabricantes, chega a altura da nVidia abraçar mais um segmento de mercado. Apesar de tornar a Samsung concorrente, a concorrência não será nos smartphones em si… será no seu hardware! A empresa de gráficos de computador norte-americana, pretende começar lançar SoC (System-on-Chip). Conheça aqui os restantes detalhes.

A Samsung está bem posicionada em várias frentes de mercado e por toda a electrónica. Contudo, a propagação dos equipamentos móveis e do sucesso que a nVidia tem tido neste segmento ao oferecer melhores gráficos aos equipamentos, faz com que esta pretenda abraçar ainda mais segmentos de mercado.

Os dados estavam lançados no passado verão de 2011, com a compra da Icera pela nVidia, num negócio orçado em 367 milhões de dólares. A intenção da nVidia parecia ser óbvia, lançar a plataforma Tegra num sistema integrado – SoC (System-on-Chip).

Após a fabricante de placas gráficas ter notado que a adopção do Tegra está a sofrer um abrandamento, eis que dá a conhecer ao mundo a versão “Grey”, onde, para além do processamento gráfico, vai incluir a recepção de ondas rádio 3G e 4G, tornando-se assim um sistema completo. Esta plataforma vai incluir CPUs multi-core, GPUs, Wi-Fi, Bluetooth e GPS. A nVidia torna-se assim rival da concorrente Qualcomm.

Já em relação à Samsung, as palavras são do próprio CEO Huang: a Samsung passa de cliente a concorrente.

Quando é que se pode esperar a chegada destes equipamentos? Segundo as informações, estes devem chegar ainda este ano, mas só no último trimestre de 2012. As expectativas da empresa não são muito elevadas no curto prazo, pois sabem que a concorrência é bastante forte, contudo, assumem a preferência pelos seus produtos, como o seu chip móvel Exynos, como sendo superiores à concorrência… porém não desvaloriza a concorrência, pois tem em conta que a própria Samsung tem fabricado os chips para a Apple e tem ganho bastante know-how.

É sempre bom ter mais concorrência em cima da mesa… mas para além dos gráficos, qual será a maior arma da nVidia? Ou melhor, será a componente gráfica suficiente para cativar os restantes fabricantes de smartphones a optarem pela nVidia? Com o aumento da diversidade de GPUs no mercado móvel, vamos assistir a requisitos mínimos bastante específicos para determinados jogos e/ou aplicações?

Opiniões, posições e oposições –> Comments Section!!

Este artigo foi escrito por em 16 Fev, 2012, e está arquivado em Destaques, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: