« Casio Exilim EX-ZS20, uma caixinha de surpresas Sublight, foi você que pediu…legendas? »
05/03/2012
Escrito por em Destaques | 1.796 Leituras

mobile_gaming

Os smartphones oficializaram a tendência para a vertente móvel. Para além de podermos ter um telemóvel no bolso, é possível agora ter um mini PC no bolso. E as limitações destes equipamentos são cada vez menos com o avançar do tempo. Conheça a evolução que tem vindo a ser conquistada no departamento gráfico destes pequenos companheiros.

Não é necessário recuar muitos anos até nos lembrarmos dos ecrãs monocromáticos e com pouca resolução que acompanhavam os telemóveis da moda, onde as funcionalidades não passavam de telefonemas, SMS, Snake e com sorte, WAP. A evolução do seu hardware leva a que a compra tenha de recair sobre a ponderação entre as diferentes características, assim como a compra de um PC normal.

Esta evolução do hardware dos smartphones leva a que estes sejam cada vez mais capazes de executar as tarefas mais exigentes, como é o caso dos videojogos. Neste campo, os equipamentos têm evoluído para jogos móveis com gráficos surpreendentes em 3D, levando a imaginar-se o que será reservado no futuro.

645632_20120228_640screen003

É neste contexto que a Spaceport.io decidiu analisar as capacidades gráficas dos equipamentos mais recentes no que toca à capacidade de correrem jogos HTML5. É claro que a guerra entre plataformas está quase restringida ao iOS da Apple e ao Android da Google, mas este último ainda tem bastante estrada a percorrer antes de defrontar o iPhone cara-a-cara. No que toca a conclusões, o iPad 2 saiu-se como o melhor equipamento no mercado para correr este tipo de jogos, tudo graças ao seu chip A5 que é ainda o mais poderoso do mercado, aliado a um Sistema Operativo (SO) bem optimizado. As melhores prestações do lado do Android ficam a cargo do Samsung Galaxy Nexus no segmento dos smartphones e o Samsung Tab 10.1 como o melhor Tablet Android para o efeito. Já o Kindle Fire mostra-se como o patinho feio dos Tablets Android, com a prestação a ser equivalente ao velhinho iPhone 3GS.

Na análise é também notório que nem só de hardware vivem estas performances e que pode ser o Sistema Operativo o maior inimigo da performance nos Androids. Mesmo assim, é referenciado que a passagem para o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) é tido como um grande avanço face ás versões anteriores deste SO. Pelo que a performance no Samsung Tab 10.1 pode ainda receber um boost com a instalação da nova versão.

É patente que a performance do GPU do chip A5 da Apple é o grande impulsionador dos resultados favoráveis à empresa da maça, mas para além do GPU do Samsung Galaxy Nexus ser inferior, tem ainda de suportar uma maior resolução, pelo que o esforço exigido ao GPU é ainda acrescido com a dimensão e resolução do ecrã- Neste aspecto, a nova versão do iPad, que tudo indica que trará a conhecida Retina Display para os Tablets de Cupertino, poderá levar um acréscimo significativo de pixéis a mover por segundo e o hardware ressentir-se na performance dos jogos. Será que a empresa de Tim Cook vai mostrar que consegue, ainda assim, superar a concorrência?

Para já fiquem com a evolução das capacidades gráficas, dos equipamentos mais marcantes de 2009 a 2011, elaborado pela Spaceport.io:

transferir

Opiniões, posições e oposições –> Comments Section!!

Este artigo foi escrito por em 05 Mar, 2012, e está arquivado em Destaques, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
3 comentários em “Smartphones, as consolas do futuro? Poderio não falta!…”
  1. digam me sff qual é o jogo que está na primeira foto :))

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: