« Devolo Portugal baixa preços dos equipamentos powerline Router Asus RT-N66U Gigabit-N900 Dual-Band estabelece novos patamares de desempenho em rede »
10/04/2012
Escrito por em Notícias | 2.269 Leituras

nokia-logo

Esta informação vem directamente da Nokia, que um processador com mais do que um núcleo não significa tirar melhor rendimento do smartphone. Stephen Elop, diretor executivo da Nokia acredita que as apostas da Apple e Samsung em recorrer a processadores dual-core ou quad-core para que as aplicações tenham melhor rendimento, pode fazer com que o smartphone perca qualidade a nível de bateria.

Através de uma entrevista, o diretor afirmou também que a possibilidade de terem menos tempo de autonomia em termos da bateria, não agrada nem satisfaz o consumidor. A empresa lançou então na China um desafio, em que consiste num teste ao mesmo equipamento mas com dois processadores diferentes, isto para comprovar a diminuição da autonomia da bateria e ambos com o mesmo rendimento.

De acordo com os resultados já obtidos os telemóveis com o sistema da Nokia não se inferiorizaram aos telemóveis com Android, iOS, entre outros.

Com este resultado é possível verificar que os processadores multi-core não são assim tanto necessários como se possa pensar, e tem uma grande desvantagem, a perda de bateria.

Será que o lançamento destes processadores foi uma maneira de manter os elevados preços nos smartphones? 

Este artigo foi escrito por em 10 Abr, 2012, e está arquivado em Notícias, Telemóveis. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
5 comentários em “Processadores multi-core desperdiçam bateria dos smartphones!”
  1. O multi-core ser util ou não depende mais dos programadores da aplicação em teste do que propriamente de outros factores.
    Se fizerem aplicações single threaded dificilmente 4 cores vão ajudar em alguma coisa.

    É como nos computadores.

  2. Bem, parece-me óbvio que gastam mais do que os single-core, mas desperdiçar ? Isso já depende da maneira como são utilizados e não da quantidade de núcleos! Temos um exemplo “próximo”, os “irmãos” windows vista e windows 7. Apenas um exemplo, embora não seja exactamente a mesma coisa.

    Aparte: eu acho um pouco suspeito ser a nokia a dizer algo deste género… uma marca que se mostra extremamente cara nos seus equipamentos “medíocres”

  3. Bem, parece-me óbvio que gastam mais do que os single-core, mas desperdiçar ? Isso já depende da maneira como são utilizados e não da quantidade de núcleos! Temos um exemplo “próximo”, os “irmãos” windows vista e windows 7. Apenas um exemplo, embora não seja exactamente a mesma coisa.

    Aparte: eu acho um pouco suspeito ser a nokia a dizer algo deste género… uma marca que se mostra extremamente cara nos seus equipamentos “medíocres” (para não dizer pior). Eu acabaria o post com algo mais do género de: “Será esta noticia uma maneira de a noka recuperar as vendas que tem perdido?” afinal, a nokia nunca apostou em multi-cores, nunca apostou em SO’s baseados na Cloud… a nokia tem perdido muito, com grandes erros; isto é só uma “desculpa” para tentar ganhar alguma coisa, fazendo os outros perderem!

  4. Ainda há uns dias tive uma aula com o professor, que se não me engano é o coordenador do meu curso.

    O multi-core só existe para colmatar o facto de nós, seres humanos, não conseguirmos criar uma arquitectura mais eficiente para um processador (core). Então para colmatar esse facto acrescentam-se mais processadores(cores).

    Sem programação (feita de propósito para multi-core), o programa corre á mesma velocidade em dual ou single core. Quando o programa é feito de maneira a correr em multi-core é óbvio k é mais rápido.

    Lembro-me k o professor terminou aquela aula, com a resposta de um “mago” da arquitectura de computadores. A resposta deste mago, era á pergunta: ” Quantos cores terão os processadores do futuro”, o “mago” respondeu:

    ” Funcionais e necessários 2 bastarão, mas se for para vender 64 devem chegar”

  5. Carlos Carvalho diz:

    Boa tarde ,

    Parece-me obvio que esta tecnologia de muiti cores aparece quando as limitações de dissipação de calor surgiram e não foi possivel continuar a aumentar exponensialmente a velocidade dos single cores , é evidente que grande parte dos nrs de cores serem cada vez mais avassaladores não significa que possamos tirar partido dos mesmos , talvez em tarefas muiti tasking , mas se o software não for lançado para usar a tecnologia multi core , eles tornam-se de facto quase inuteis , isso é visivel nos pcs da actualidade e irá ser visivel nos dispositivos moveis .

    Cumprimentos

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: