« Arista – Converter vídeo pode bem tornar-se no seu próximo vício… GeeMail – Acede à tua conta GMail sem usar o browser. »

O Ubuntu 10.04 Lucid Lynx está apenas a 26 dias de distância. Uma das novidades que virá incluída com a versão final é uma nova interface e ainda mais funcionalidade para a aplicação Centro de Software Ubuntu, que pretende ser um ponto aglomerador de toda a gestão de programas do sistema.  Esta renovação torna o Centro de Software bastante apelativo para novos utilizadores, que, com certeza, vão achar esta a mais simples maneira, e transversalmente falando, de se instalarem programas, temas, fontes, jogos e ferramentas de configuração. Mas vamos às novidades?

Aplicações em destaque

Uma das mais visíveis. Basta abrirmos a aplicação e bem destacada, entre a nova interface que visa coincidir com a renovação visual do Ubuntu, está um botão de acesso a aplicações em destaque. Estas aplicações incluem algumas bastante populares nos repositórios e que certamente interessarão ao utilizador iniciante no Ubuntu, e que funcionam como um complemento ao sistema operativo e não como alternativa às aplicações instaladas com o Ubuntu.

Entra esta lista de aplicações, incluem-se o Arista (do qual acabámos de falar), o Cheese (do qual já falamos), o Déjà Dup Backup (do qual já falamos), o Gnome Do (do qual já falamos), o Inkscape (edição de imagem vectorial), o Audacity (edição de áudio), o Liferea (leitor de feeds RSS), o Moovida (Media Center) e o Eclipse (desenvolvimento em JAVA), entre outras.

Nova interface de apresentação dos programas

Muito, mas muito mais elegante. Com mais destaque na screenshot da aplicação, porque, a verdade é que os olhos também comem. Links para a página web, detalhes da versão, tipo de licença, são colocados em segundo plano, porque o utilizador regular não lhes dá qualquer importância.

O botão Instalar – Livre sugere que num futuro próximos possamos comprar aplicações comerciais directamente do Centro de Sofware (e quando digo comerciais, refiro-me tanto a aplicações comerciais de código-aberto como a aplicações comerciais closed-source). Temos também direito a uma bastante integrada e elegante barra de progresso da instalação:

Novas categorias e introdução de subcategorias

Houve uma reorganização geral nas categorias, e a introdução de 3 novas: Temas & Tweaks, Tipos de Letra e Sistema. Em Temas & Tweaks temos a possibilidade de instalar pacotes relacionados com a aparência do sistema, desde alternadores de wallpaper, gestores de janelas e temas, ambientes alternativos e pequenos utilitários de configuração do sistema. Em Tipos de Letra podemos instalar centenas de novas fontes no nosso sistema. Apesar de actualmente ainda não ser possível pré-visualizar as fontes, já li algures que havia algum trabalho nesse sentido para este Lucid Lynx. Em Sistema podemos instalar, basicamente, bibliotecas essenciais ao sistema e alguns pacotes mais técnicos normalmente destinados a uso por programadores.

Também foram introduzidas subcategorias nalgumas das principais categorias, por exemplo, na categoria Ferramentas de Desenvolvimento, em que temos subcategorias de programas específicos para as várias linguagens de programação:

Nova barra lateral com filtros por fonte de software

A barra lateral do Centro de Software permite agora filtrar software de acordo com a sua origem. Ou dos repositórios normais do Ubuntu, do repositórios dos parceiros (onde é possível instalar programas tais como o Adobe Reader, o Flash e o Java – isto é, software proprietário), ou de qualquer outra fonte que tenhamos adicionado. Ou seja, agora podemos gerir através do Centro de Software programas instaláveis através de fontes de software adicionais (PPA’s) que tenhamos adicionado:

Novos controlos de navegação

Uma pequene, simples mas bastante importante mudança. A navegação no Centro de Software é agora mais fácil com os novos controlos de navegação que ganhou, tornando-se mais semelhante com um gestor de ficheiros. Temos agora possibilidade de retroceder/avançar para a página anterior ou seguinte de uma maneira bastante elegante:

E são estas algumas das grandes novidades introduzidas no Centro de Software do Ubuntu 10.04 Lucid Lynx. Novidades claramente destinadas a facilitar a integração dos novos utilizadores no Ubuntu, e a desmitificar a dificuldade de instalação de programas em Linux. Agora, vá lá, digam-me lá que é difícil instalar programas no Ubuntu? ;-)

Entretanto, podem ir fazendo o download da Beta 1.

Este artigo foi escrito por em 03 Abr, 2010, e está arquivado em Novidades, Software. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
12 comentários em “O Centro de Software do Ubuntu 10.04 Lucid Lynx – Universalmente Simples”
  1. Lycanthrope diz:

    Er… “Agora, vá lá, digam-me lá que é difícil instalar programas no Ubuntu?” hum… será que isto também era para mim? Naaa lol.

    Bom post.

    Cumps

    • Alexandre Pinto diz:

      Instalar os programas que estão disponíveis nesta lista não… E os que não estão?

      Estou a dar uma chance ao linux, mas ter de fazer tudo com linhas de comando… :s

      • Só para que conste, esta lista é enormemente abrangente :)
        Para outros software’s não disponíveis nesta lista, podes instalar a maioria sem sequer recorreres a uma linha de comandos. Normalmente software adicional está disponível em repositórios (servidores adicionais que têm que ser adicionados à lista de servidores do sistema) e depois de adicionado o repositório, a instalação é como qualquer outro programa mostrado nesta lista.
        Com esta versão do Centro de Software, já podes até gerir o software disponibilizado noutros repositórios, naquela barra lateral. Seleccionas o repositório que adicionaste e podes ver os programas instaláveis a partir daí.
        E hoje, em dia, imensos developers já criam pacotes .deb, isto é, pacotes com instalação de 2 cliques para as suas aplicações, mesmo as mais recentes. Raro é não encontrar software com um pacote .deb ;)
        Recomendo leres este meu artigo, que apesar de referir a consola, mostra as vantagens e também dá uma introdução geral à instalação e gestão de software no Ubuntu.
        E também este: http://ubuntued.info/como-adicionar-um-repositorio-no-ubuntu
        ;)

        • Alexandre Pinto diz:

          Obrigado Daniel,
          Estive a ler o artigo e vai directo para os favoritos.
          Ja me esclareceu muita coisa.

          • ;)
            Ainda bem que pude ser útil, e já agora, fazes muito bem em ignorares certos e determinados comentários. Qualquer outra dúvida, basta perguntar. Estas dúvidas são normais, mas quando perceberes toda a genialidade dos conceitos associados, vais também perceber o porquê de o Ubuntu e o Linux em geral terem provavelmente o melhor sistema de gestão de programas de sempre .

      • olha vê mais este video como instala um programa sem tar no repositórios oficias
        http://www.youtube.com/watch?v=yNDPv7shRnA

        ainda achas difícil?

  2. Alexandre Pinto, o Linux não precisa que você dê uma chance! Estás enganado em relação a isso!
    Volta para tua bosta do Windows, lembre-se que tens de formatar de 6 em 6 mêses por causa de virus ou de bibliotecas (DLL) corrompidas. Eu uso o Linux a 4 anos e nunca precisei de formatar o meu Ubuntu…

    • Robson não é assim que vamos conquistar novos utilizadores, é preciso respeitar a opinião de cada um, e se tiverem errados explicar com educação

    • Alexandre Pinto diz:

      Primeiro, bosta é provavelmente o que tens na cabeça.

      Segundo, se uso Windows é porque quero e porque é o único que satisfaz as minhas necessidades tanto profissionais como pessoais.

      Terceiro, se o linux é assim tão bom eu irei aperceber-me disso! É escusado estarem-me constantemente a tentar convençer!

      Quarto, Formatas o teu PC windows de 6 em 6 meses? Se sim é porque não és um bom utilizador. Eu uso windows e nunca tive de o formatar em menos de um ano. E quando o faço normalmente tem a ver com outro tipo de razoes.

      Quinto, o linux parece-me excelente. Mas tem coisas que não gosto/nao compreendo. E se coloquei uma questão é porque estou a sentir essa dificuldade. E o linux ainda se torna melhor devido á sua comunidade formada por pessoas como o Daniel Rodrigues e o BigOix que prontamente deixaram dicas para me ajudarem.

      Agora comentários como os teus lamento, mas só me fazem nem sequer tentar meter os pés no linux.

  3. A cada versão que chega ao mercado, o Ubuntu vai ganhando muito mais facilidades e consequentemente novos Users. As pessoas inteligentes, estão vendo que para usar um sistema operacional, diariamente, para a maioria das tarefas do PC , não precisão gastar horrores de dinheiro para adquirir um sistema operacional, se podem ter um excelente sistema no computador sem gastar nenhum centavo

  4. Alexandre Pinto, se passastes mais de 6 meses sem formatar, uma das, ou tu nunca usas o PC ou só tem o Windows instalado nele. Tu num é diferente de ninguém, e todo mundo que conheço me diz que nunca passa mais de 6 meses sem formatar o Windows.
    Eu realmente não sou bom utilizador dessa praga chamada Windows, tanto que troquei o Linux por ele e nem quero voltar atrás. Além de técnico eu também sou programador, usava o Delphi e hoje uso o Lazarus e C. Agora, se eu não sabia como usar o Windows, fico imaginando como vocês sabem tanto usar um computador com o Windows???!!!!!!!

    Não instale o Linux no seu computador, você deve ser muito daqueles preguiçosos que só sabe clicar com o mouse, um verdadeiro carangueijo que tem esterco na cabeça, kkkkkk

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: