Artigos com a tag gnome

 Gnome3 no Ubuntu 11.10

A continuação da interface Unity na versão 11.10 do Ubuntu, foi um grande descontentamento para alguns utilizadores desta distribuição Linux, talvez pelo facto de ter alguns problemas com a barra do Unity na versão 11.04 do Ubuntu. Para esses utilizadores vou apresentar uma alternativa que poderá ser bem recebida, que é instalar o Gnome 3.

O mês de Outubro têm sido sem dúvida de grandes lançamentos, agora é a vez do Ubuntu que chegou à versão Ubuntu 11.10 (Oneiric Ocelot) FINAL, a segunda versão do ano. Agora podem experimentar a nova versão que esteve em desenvolvimento durante seis meses, visto que a última versão sofreu de alguma controvérsia devido à mudança da interface de Gnome para Unity.  

22/04/2011
Escrito por em Análises, Software | LIDO 52 vezes

No mundo tecnológico, podem distinguir-se três grandes tipos de lançamentos de produtos: os arrebatadores sucessos, os flops e o Duke Nukem Forever. O GNOME 3, a terceira itineração do GNOME, provavelmente o ambiente de trabalho mais famoso e que acompanha mais distribuições Linux (Ubuntu, Linux Mint, Debian, Fedora GNOME), foi desde os seus primórdios – isto há anos atrás – rotulado e talhado pela crítica para o insucesso. Agora muita discussão, controvérsia e muitos milhões de linhas de código depois, o GNOME 3 foi finalmente lançado, introduzindo incontáveis, por vezes inovadoras, alterações, mudanças radicais e todo um novo paradigma de interacção computacional.

O estatuto de Duke Nukem Forever foi já posto de parte com o lançamento no passado dia 6 de Abril, e restam então dois rótulos possíveis e uma grande pergunta acerca deste produto: GNOME 3, flip or flop?

Já falamos aqui acerca de uma possível solução para escutar as suas rádios preferidas (e não só!) no seu sistema Linux, mas hoje apresento uma alternativa, destinada especificamente a utilizadores do reprodutor de música Amarok (leitor de música por excelência do ambiente KDE, mas também facilmente instalável em GNOME e, mas já com algumas mágicas envolvidas, em Windows e OSX). Apesar de estar limitada ao Amarok, esta é sem dúvida a mais elegante, completa e simples solução. Ouvir rádios portuguesas através do Amarok passa agora a ser, nas sábias palavras de Sir Arthur Conan Doyle, impersonado por Sherlock Holmes, “elementar, meu caro Watson, elementar”.

29/10/2010
Escrito por em Dicas, Downloads, Programas | LIDO 52 vezes

Continuando as dicas para uma melhor utilização do seu netbook, eis que surgem outros exemplos de utilizações para outros fins, com a sua pequena mas poderosa máquina, o seu netbook.

O dia 10.10.10, para além do seu implícito significado geek, marca também o lançamento da mais recente versão do Ubuntu, o 10.10 Maverick Meerkat. Esta é a décima terceira “encarnação” do Ubuntu no desktop, mas será que para o Maverick isso será um mau presságio? Tendo em conta a ausência de um supersticioso na minha personalidade e *meses* a utilizar esta versão, a resposta curta é: não. Aliás, este é o melhor Ubuntu de sempre.

AmaroK é considerado por muitos utilizadores de Linux, o melhor leitor de música que existe na actualidade. AmaroK utiliza o toolkit Qt4, permitindo que, num futuro próximo, chegue também aos PC’s com Windows e Mac.

As interfaces de controlo dos Sistemas Operativos têm evoluído bastante ao longo dos tempos. Desde a rudimentar edição de ficheiros, restart de serviços e aplicações, até aos Painéis de Controlo actuais, muito evolução existiu e hoje é relativamente simples termos acesso às opções de configuração do nosso sistema operativo. Tanto Windows como Mac têm interfaces de controlo bastante sofisticadas, nomeadamente o Painel de Controlo e as Preferências do Sistema, mas no entanto, o GNOME, ambiente de trabalho que acompanha Ubuntu, Linux Mint, etc.., ainda se limita a menus intermináveis e opções de configuração isoladas. Apresento-vos então o Centro de Controlo do GNOME.

123