Artigos com a tag ilegal

O caso “MegaUpload” continua a dar que falar, havendo agora uma acusa em direcção ao FBI. Os advogados defesa do MegaUpload estão a acusar o FBI de cópia sem a devida autorização de provas do caso que levou à detenção de vários executivos do site de partilha de ficheiros.

O tribunal de Justiça da UE sentenciou que uma ordem de filtragem de conteúdos transferidos da Internet por parte de um Tribunal UE às ISP será completamente ilegal, mesmo que os autores dos conteúdos solicitem esta acção.

O RapidShare, serviço de alojamento directo de ficheiros, bem que pode respirar de alívio, pois o Tribunal alemão de Recurso de Dusseldorf acaba de revogar uma sentença sobre a violação de direitos de autor. A acusação vem de um processo iniciado pela Capelight Pictures, uma empresa de alugues de vídeos.

A filial britânica dos estúdios Warner está à procura de estudantes para espiarem os sites de partilha de ficheiros, com o objectivo de apanhar quem partilha ficheiros ilegais. O anúncio foi publicado num site de oferta de emprego da Universidade de Manchester, onde o estúdio oferece um contrato de 12 meses para quem pretenda ajudar a empresa a identificar quem se dedique à pirataria informática.

Veio a público a informação que a Virgin Media, alegadamente, como ISP estaria a controlar, de forma ilegal, o tráfego gerado pelos seus utilizadores, de forma a detectar se estão a ser efectuadas operações ilegais na net ou não.

Apesar do seu enorme sucesso a nível mundial ter permitido bater vários recordes de vendas, Modern Warfare 2 recebe também o galardão de “Jogo mais pirateado do Ano 2009”, com mais de 5 milhões de cópias pirateadas, repartidas entre a versão PC (+ 80%) e a versão XBox 360.

mw2_rio

isohunt-kerodicas

Considerado um dos maiores motores de busca da Internet a nível de BitTorrents, o isoHunt acaba de perder a longa batalha judicial que mantinha contra as grandes multinacionais cinematográficas americanas no que toca à violação de direitos de autor.

O valor e peso da sentença apenas terá efeito legal no território norte-americano, sendo que de momento a isoHunto continuará a oferecer o serviço com servidores alojados no Canadá, país vizinho.

17/11/2009
Escrito por em Mundo, Nacional, Notícias | LIDO 52 vezes

Em comunicado, a União Europeia afirmou que 70% dos sites que começaram a ser investigados o ano passado por venderem toques para telemóveis de forma pouco clara (leia-se ilegal) foram encerrados ou obrigados a regularizar a sua situação.

Sem título

123