Artigos com a tag Programação

repto foi lançado no início do corrente ano pela Codecademy: no espírito auto-motivacional das resoluções de Ano Novo, o site decidiu desafiar o mundo a, no ano vindouro, aprender a programar. A adesão foi na ordem das centenas de milhares de futuros programadores. Mas a Codecademy não se limitou a desafiar: semanalmente, entrega no email de cada um as ferramentas para a completação desse desafio. Semanalmente, a Codecademy oferece interactivas e desafiantes aulas de Javascript – linguagem quase ubíqua na web (e não só!).

O Instituto Politécnico de Leiria (IPL) vai reunir ao longo dos próximos dias 19, 20 e 21 de Outubro, especialistas em aplicações para tecnologias Apple, numa acção de formação para docentes do ensino superior. Esta iniciativa está integrada num projecto pioneiro que faz do IPL a instituição de ensino superior (IES) em Portugal com a mais desenvolvida componente de ligação às tecnologias Apple, com ferramentas online, formação de docentes de vários universidades, publicação inédita de literatura em português sobre aplicações para iPhone e iPad, e recebendo a primeira “Apple on Campus” Store online em Portugal.

A ferramenta que apresentamos hoje destina-se essencialmente a programadores, pois quem trabalha no ramo sabe a perfeita importância de ter uma boa IDE (Integrated Development Environment). É certo que existem no mercado algumas opções bastante completas, mas todas essas variáveis dependem do tipo de linguagem de programação, das necessidades enquanto programador ou até do preço que se pretende pagar para ter uma boa aplicação. Numa espécie de «mix» com todas essas características o CodeRun funciona online e promete ajudar até o mais inexperiente programador nas linguagens de C#, PHP, JavaScript, HTML.

Para quem como eu precisa uma agenda electrónica para trabalhar e ter as suas coisas sempre em dia: agendamentos, reuniões, tarefas a fazer, recordar aniversários, etc, torna-se necessário possuir uma ferramenta à altura que, de preferência, seja grátis. Entre as dezenas de opções que existem no mercado o Rainlendar é absolutamente um dos melhores do género. Estamos perante um calendário/agenda totalmente personalizável que mostra cada dia do mês corrente. A sua principal característica vai para o facto de ser bastante leve para o sistema, ocupar pouco espaço no seu ambiente de trabalho e permitir algumas personalizações.

Para quem não conhece, Notepad++ é mais do que um simples editor de texto, é um editor bastante completo, onde poderá escrever pequenas (ou grandes) linhas de código, seja ele relacionado com programação ou webdesign. Pode servir, quiça, como um bom e completo substituto do velhinho Notepad do Windows.

Para a Microsoft parece que o assunto «segurança» tem vindo a ganhar destaque, especialmente se tivermo em conta as falhas e vulnerabilidades encontradas quase de forma diária nos seus vários produtos. Assim, numa derradeira tentativa de tentar colmatar essa falha, a empresa de Redmond tem vindo a incluir e desenvolver algumas ferramentas e patches que vão no sentido de melhorar os seus softwares. O EMET, ou Enhanced Mitigation Experience Toolkit, é uma das iniciativas, que pode ser definido como um programa que nos ajuda a dar permissões diferentes e a monitorizar processos utilizados por software de terceiros.

Para quem como eu precisa uma agenda electrónica para trabalhar e ter as suas coisas sempre em dia: agendamentos, reuniões, tarefas a fazer, recordar aniversários, etc, torna-se necessário possuir uma ferramenta à altura que, de preferência, seja grátis. Entre as dezenas de opções que existem no mercado o Rainlendar é absolutamente um dos melhores do género. Estamos perante um calendário/agenda totalmente personalizável que mostra cada dia do mês corrente. A sua principal característica vai para o facto de ser bastante leve para o sistema, ocupar pouco espaço no seu ambiente de trabalho e permitir algumas personalizações.

A relação entre o Flash e a Apple continua em «águas de bacalhau» como diz o Zé Povinho e quem acaba por ganhar com isso é o HTML5, que neste momento começa a tomar proporções interessantes, dignas de mais um filme do Spielberg. Resumindo, o monstro dos vídeos VIMEO acaba de adoptar o HTML5 como standart para dispositivos móveis como são o caso do iPhone e o iPad. No caso do Android, este suporta de forma nativa o formato em questão como também o Flash.