« Dar uma vista de olhos…a esse software! Comodo System Cleaner, volta à carga com optimização e limpeza »
30/10/2010
Escrito por em Análises | 5.301 Leituras

Este é um artigo do Gonçalo A. para o KeroDicas.com

Esta semana foram publicados os relatórios financeiros trimestrais de empresas sonantes como Microsoft, Nintendo e Sony. Aproveitando esta disponibilização dos documentos e subsequentes notícias, o KeroDicas.com, vai resumir o State of the Art da disputada luta no mercado das consolas, assim como os próximos trunfos de cada uma das empresas supra citadas.

Começando pelo continente americano, o relatório da Microsoft salienta o contributo positivo que a secção de entretenimento da Microsoft deu para o lucro financeiro de US $5,4 mil milhões. A secção de entretenimento, onde encaixa a prestação da Xbox 360, gerou um lucro de US $382 milhões de dólares, aumentando assim 48% face ao período homólogo. Relativamente à Xbox 360, per si, esta teve um aumento de 38% nas suas vendas o que elevou o número global de consolas vendidas para as 44,6 milhões de unidades.

Do outro lado do oceano pacífico as contas apuradas pela Nintendo e pela Sony são… menos pacíficas.

A Nintendo, depois de 7 gloriosos anos de lucros, apresentou um prejuízo semestral de US $25 milhões de dólares. A performance da empresa foi afectada pela desaceleração das vendas das suas jóias da coroa – Wii e NDS – assim como a valorização do iene. A Wii apresentou uma queda de cerca de 13,6% nas vendas, totalizando um total de 75,9 milhões de consolas vendidas. Já no campo da consola portátil, NDS, a queda foi ainda mais impetuosa com as vendas a recuarem 42,8% para um total de 135,6 milhões de unidades em todo o mundo. É necessário ter em consideração que esta veemente queda da NDS pode reflectir a contenção dos compradores em aguardarem pelo lançamento da 3DS.

Do lado da compatriota Sony, o resultado trimestral global é positivo mas com prestações díspares da consola PS3 e da portátil PSP. A secção de entretenimento da Sony apresentou um lucro de US $375 milhões de dólares contra o prejuízo homólogo de US $326 milhões de dólares. Em relação à consola PS3 apresenta uma subida de cerca de 9,3% nas vendas, somando 41,6 milhões de unidades adquiridas em todo o mundo. A portátil PSP apresenta uma prestação negativa de 50% na queda das suas vendas face ao mesmo período do ano passado, acumulando um total de 62 milhões de unidades vendidas.

Resumidamente podemos encontrar a seguinte situação:

Em relação aos próximos trunfos de cada uma das empresas a estratégia é díspar entre as 3 concorrentes.

MERCADO DAS CONSOLAS DOMÉSTICAS


A Microsoft tenta manter a liderança do 2º lugar face à campeã da geração anterior, Sony, tentando revolucionar a forma como as pessoas podem interagir com os jogos e entre os próprios jogadores que estejam no mesmo local físico. Dentro do próprio mercado de jogos, o mercado que a Microsoft e a Sony têm perdido para a rival Nintendo é o mercado dos “casual games”, para isto a aposta da Microsoft é no Kinect.

Esta jogada da Microsoft difere das abordagens da Nintendo e da Sony que apostam na interacção dos jogadores com os jogos através de comandos mais evoluídos para a consola compreender os movimentos das pessoas enquanto jogam. O Kinect pretende assim destituir os comandos das mãos dos jogadores e tornar os jogadores nos próprios comandos do jogo. Esta tecnologia a adicionar à Xbox 360 é publicitada como não sendo necessário aprender a jogar nenhum jogo em especial, apenas ter os movimentos que uma pessoa em determinadas situações iria realizar, para que o dispositivo possa ler esses movimentos e passa-los para o jogo.

No que respeita a Nintendo e a sua Wii não vos trago nada de novo a anunciar. Apesar das constantes previsões do Mr. Pachter (Michael Pachter) em relação à possibilidade da Nintendo lançar uma consola Wii HD, nada se veio a confirmar. De momento não há nenhuma jogada especial da Nintendo no campo das consolas domésticas.

Por outro lado, a Sony e o seu plano para a PS3, este passa pelos comandos de controlo Moove. Este comando requer a utilização do Playstation Eye para que a PS3 consiga ler e detectar os comandos Moove.

No que toca ao campo inovação, o Moove não traz nenhuma inovação adicional à que já foi introduzida pela Wii e o seu comando. Novamente Michael Patcher na sua rubrica Pach-attack refere o sucesso que o Moove pode ter devido a poder ser vendido como um upgrade à própria Wii… será a Wii com gráficos HD mais toda a biblioteca de jogos que a PS3 pode oferecer.

MERCADO DAS CONSOLAS PORTÁTEIS


A Nintendo está a tentar recuperar a liderança tecnológica, assim como afirmar qual o futuro da industria dos videojogos com a aposta na Nintendo 3DS.

A 3DS, é a NDS revista e aumentada com capacidade de jogar jogos em 3D sem ser necessário o uso de óculos. Vem também equipada com duas câmaras fotográficas de forma a poder tirar fotos em 3D. Apesar de não tentar concorrer com nenhuma máquina ou telemóvel com câmara fotográfica com possibilidade de fazer filmes em HD, como por exemplo o iPhone 4 ou o Nokia N8 a funcionalidade de fotos 3D é atractiva em seu próprio direito.

Relativamente à Sony, não há muito a mencionar. Existe a possibilidade de uma PSP 2, mas tal não passa ainda de meros rumores e ainda nada foi confirmado pela própria Sony. A única novidade em relação a consolas portáteis é o tão esperado e proclamado telemóvel com a marca e características da Playstation. Mas quanto a informações sobre este telemóvel, é só seguir o link: Playstation Phone.

Queria só deixar uma nota para os nossos estimados visitantes brasileiros em relação aos “mil milhões” supra mencionados. Os nossos “mil milhões” são os vossos “bilhões” brasileiros. A diferença está na conotação europeia e americana, sendo que no Brasil é utilizada a conotação americana. Assim, 9 zeros (1.000.000.000) corresponde a mil milhões europeus e 1 bilhão (billion nos EUA) no Brasil. Na Europa o bilião só é denominado de bilião com 12 zeros (1.000.000.000.000).

Espero que o artigo seja o vosso agrado. Não pus as especificações dos produtos mencionados ao longo do artigo intencionalmente, visto que não se tratava de um artigo para ver “quem tinha a espingarda maior”. Até porque as especificações técnicas hoje em dia de pouco servem, o que interessa é ter percepção e timming de mercado. A Wii é a mais fraca das consolas da nova geração e para já é também a campeã de vendas de consolas desta geração. Qualquer comentário ou sugestão que tenham a fazer em relação ao artigo já sabem que a secção dos comentários está para esse propósito.

Este artigo foi escrito por em 30 Out, 2010, e está arquivado em Análises, Outros. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
3 comentários em “Mercado das consolas: State of the Art”
  1. Grande, genial, analítico artigo! Muito bom mesmo. Nota-se ali um toque de Economia da UA :P

    Este trimestre foi um sucesso para a Microsoft, não só pelo lançamento “vistoso” do Kinect, como também do Windows Phone 7 e das positivas reviews que tem tido na blogosfera, assim como pelos recentes resultados e estatísticas acerca do Win7. É visível que a Microsoft “acordou” para o futuro, e confesso que até eu próprio estou bastante curioso em testar um dispositivo com Windows Phone 7 e também bastante curioso acerca do futuro próximo (6 meses) deste SO.

    Ah, e excelente a clarificação sobre o bilhão, bilião e milhares de milhões. Confesso que até agora sempre cometi esse erro. Resumindo,

    Bilião Europeu > Bilião Brasileiro/Billion Americano =’s Milhar de Milhão Europeu, right? ;)

    • Gonçalo A. diz:

      Right!!! É isso mesmo. Obrigado por teres chegado a essa parte do artigo… espero que não sejas o único :).

      Quanto à boa prestação da MS é verdade que é por isso tudo, mas não introduzi isso no artigo para não perder o focus do artigo. Mas a MS parece estar a acordar um bocado para a vida lol.

      A ver vamos como ela se porta :)

      Cumps

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: