« Burn4Free, quem não tem cão…caça com gato! XnView para ver e converter arquivos gráficos »
24/09/2010
Escrito por em Dicas | 4.508 Leituras

Quantos de vós não têm um netbook encostado em casa? Quantos de vós não usam o netbook porque é apenas um pequeno computador que não serve para fazer nada suficientemente bem para que o utilize. Está enganado. Pequenos, muito portáteis e acima de tudo detentores de uma “pequena” potência muito eficaz.

netbook

1 – Use um sistema operativo apropriado

A escolha de um sistema operativo apropriado e direccionado a netbooks ou mesmo tablets é uma parte fundamental. Sendo estes terminais de baixo desempenho e de poucos recursos, caso o sistema operativo consuma grande parte destes torna o computador lento ou mesmo inutilizável. Na maioria dos casos o “abandono” destes terminais é devido a isto.

Ubuntu Netbook Remix

Baseado directamente em Ubuntu e centralizado na utilização em netbooks (não se nota no nome ?) esta distribuição é, tal como as outras vindas da Canonical, opensource, gratuita e com kernel de Linux.

ubuntu_netbook_remix

Simples e muito intuitiva, tem vindo a sofrer algumas alterações desde a sua criação, alterações essas que têm melhorado muito a utilização dos netbooks no dia a dia. Esta é das minhas eleições quando de um sistema operativo para netbooks se trata devido à sua interface, à quantidade de drivers para os mais variados modelos de netbooks no mercado e ainda devido a ser um Debian based e à manutenção que tem.

Licença: Maioritariamente GNU-GPL

Homepage: Ubuntu Netbook Remix

Jolicloud

Projectado para ser o sistema operativo perfeito para netbooks este, também ele uma distribuição de GNU/Linux, tem características muito particulares. Uma das missões do Jolicloud é manter netbooks e dispositivos sincronizados, guardando os dados localmente mas podendo, utilizando a cloud do Jolicloud, sincronizar dados, configurações, etc.

Serviços como o Twitter, Gmail entre outros são tidos como aplicações, que também é muito simples de instalar tendo até o nome de “one click install” que são automaticamente sincronizadas também entre terminais. Sendo um sistema semi-cloud é também facilitada a integração de sistemas de armazenamento online como o dropbox ou box.net.

Homepage: Jolicloud

Windows XP

Sobre o sistema operativo deveras mais utilizado pelo mundo pouco há a dizer. É, ainda, a melhor opção para um netbook, especialmente os da primeira geração e com alguns truques mostra o que (ainda) vale e porque é a definitiva opção para um netbook.
A maioria dos fabricantes vende os netbooks com Windows XP pré-instalado por isso não será difícil ter o seu a funcionar com as drivers correctas.
Para um melhor desempenho e performance é aconselhável retirar efeitos de skins e temas do Windows XP (embora que simples) e ainda utilizar a opção embutida no sistema para “Ajustar para melhor desempenho” disponível nas propriedades de “O meu computador”.
Um dos únicos senão perante a utilização de uma versão de Windows num netbook é, quase obrigatoriamente, a necessidade de um antivírus que irá automaticamente ser uma fonte de consumo de recursos.

2 – Use para ler

Decididamente uma das grandes alternativas ao livros físicos são os tablets e, referenciado aqui, os netbooks, que, tendo funcionalidades como rotação de ecrã, leitura de vários tipos de livro, tornam esta plataforma uma boa opção para livros, revistas e outros conteúdos electrónicos.

Sumatra PDF Reader

Simples, simples, simples. É tudo o que se pode dizer deste leitor de pdf’s tão leve, devido a ser projectado para ser portátil. Com poucas funcionalidades sendo que a principal é …. ler pdf’s. Sem dúvida o melhor PDF Reader para Windows.

Homepage: Sumatra PDF Reader

Evince

O Evince é sem dúvida um dos melhores leitores na relação funcionalidades/consumos e devido à rotação de documentos, a leitura de vários formatos de documento entre outros, torna-se numa das melhores opções para um leitor de livros e publicações em Linux.
Se ficar admirado com a versatilidade e potência deste simples leitor de PDFs, PostScript, djvu, tiff e dvi pode sempre utilizar também em Windows através do binário oficial para windows já disponível.

Homepage: Evince

Google Docs PDF Reader

Palavras para quê? Com armazenamento online gratuito para os seus documentos e ainda um leitor incorporado esta é uma opção, para muitos, como sendo a melhor caso se utilize um netbook.

Homepage: Google Docs PDF Reader

3 – Use para a música

Clementine Player

Simples, open source e multi-plataforma. A escolha para o seu pequeno portátil para ouvir aquela música que quer enquanto está a trabalhar ou a navegar pela internet. Procuras, exportações de listas de reproduções, uma panóplia de ficheiros suportados, controlo remoto, reprodução directa de sites como o Last.fm entre outras (muitas) funcionalidades.
Sendo multi-plataforma pode sempre optar por usa-lo no Windows ou no Linux pois o seu comportamento vai ser jeitoso e a sua interface vai ser sempre apelativa. Uma aplicação recomendada.

Homepage: Clementine Player

Decibel Audio Player

Já mostrado aqui, o Decibel é um player muito simples e composto por módulos o que o torna quase perfeito para ser o player definitivo para utilização em netbooks. A sua simples e pequena interface também é um factor que contribui bastante para a escolha deste programa como leitor de música para o seu netbook.

Homepage: Decibel Audio Player

Grooveshark

O Groveshark é, sem dúvida alguma dos serviços da web que mais surpreendeu aquando do seu lançamento devido à sua simplicidade, qualidade e quantidade. Com uma muito vasta livraria de música online, pode ouvir onde e quando quiser música gratuitamente, podendo guardar até mesmo playlists quando está logado ou mesmo partilhar a música no facebook enquanto a ouve ou procurar directamente a música no iTunes para que a possa adquirir.

Homepage: Grooveshark

Este artigo foi escrito por em 24 Set, 2010, e está arquivado em Dicas, GNU/Linux, Hardware, Internet, Outras, Programas, Windows. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
4 comentários em “Use o seu netbook! – Parte 1”
  1. dicas destas dão sempre jeito!

  2. Boas dicas!

  3. O meego, também é bastante bom :P
    Cumps.

  4. Excelente artigo mesmo! Se bem me lembro, acho que até o Banshee Media Player tem uma interface mais compacta (criada tendo em vista
    o Meego) e que “encaixa” muito bem em netbooks.
    Ah, e mencionar também a interface Unity, a evolução do Ubuntu Netbook Remix, que acompanhará o Ubuntu Maverick Meerkat, a ser lançado a 10.10.10 ;)

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: