« SHII: a consola para elas… iTunes 8.1.1.10 »
07/04/2009
Escrito por em Análises | 25.569 Leituras

dropbox

O Dropbox tem sido, nestes últimos tempos, uma das grandes sensações pela Internet fora. Este fantástico programa, que se integra fantasticamente no gestor de ficheiros (e funciona em Windows, Mac e Linux), e que, lhe oferecendo uma espaço de 2 GB, permite sincronizar ficheiros entre computadores e partilhar ficheiros com outros utilizadores, simplesmente por um arrastar do ficheiro. E há mais…

Num conceito algo parecido com o Live Mesh, o Dropbox complementa esse serviço com algumas funções realmente fantásticas, e outras que aí virão (algumas que poderão ser bem úteis num futuro próximo), segundo o que é referido no site oficial do projecto.

capturaecra-dropbox-home-secure-backup-sync-and-sharing-made-easy-mozilla-firefox-1

Para começar, é necessário aceder ao site getdropbox.com e clicar no botão central do site, o “Get Dropbox”. De seguida, pode escolher a sua plataforma (entre Windows, Mac e vários formatos para Linux), e fazer download de um pequeno aplicativo. Aqui ficam as instruções de instalação:

Em Linux – Depois de instalado o programa, através de um duplo-clique (em pacotes .rpm; .deb e semelhantes), deverá abrir uma consola e digitar killall nautilus. Um pequeno ícone aparecerá no seu painel, na área das notificações, e se passar o rato, verá que está a fazer download do Dropbox em si,um ficheiro com um tamanho não tão significante assim .

capturaecra

De seguida abrirá uma janela onde poderá registar uma nova conta, ou então confirmar os dados de uma conta que já tenha. Neste menu pode configurara também a localização da sua pasta Dropbox (que por defeito ficará na sua Pasta Pessoal), entre outros pormenores ditos menores.

Caso compile o pacote, através de um ficheiro tar.gz,depois de compilado, basta seguir os passos a partir do killall nautilus.

Em Windows – Duplo-clique no ficheiro .exe e seguir os passos em cima para o registo e configuração da conta.

Em Mac – Copiar a imagem .dmg para a pasta de sistema, correr o programa, e claro, seguir os passos de registo e configuração mencionados na parte do Ubuntu.

Agora que temos configurado o nosso Dropbox, poderemos então abrir a pasta escolhida para ele. Terá então uma nova pasta, “Dropbox”, com um ícone, um visto verde sobre. Isto significa que todos os ficheiros que estão na pasta estão sincronizados com a Internet.

capturaecra-dany-navegador-de-ficheiros

Abrindo a pasta Dropbox, veremos alguns ficheiros do Dropbox, algumas pastas que pré-configuradas e a pasta Pública. Nunca apague esta pasta, é extremamente útil!

Dropbox, Partilhe!

Então e para começar uma pasta partilhada? Primeiro, terá que aceder novamente a getdropbox.com e fazer login na zona própria no canto superior direito. Estará na interface Web do Dropbox. É importante referir que todos os ficheiros que colocar na sua pasta Dropbox, estarão acessíveis na interface web, para download, ou para mover. Ou seja, mesmo em computadores que não tenham o Dropbox, os seus ficheiros estarão sempre acessíveis.

capturaecra-dropbox-share-secure-backup-sync-and-sharing-made-easy-mozilla-firefox

Para partilhar uma pasta, o procedimento é muito simples. Navegue até à aba “Share”, no Dropbox web e verá “Create a new shared folder”, com dois campos a preencher. No primeiro campo, dê um nome à sua pasta (pode alterar o nome da pasta quando quiser), e, no segundo campo, introduza os email(s) da(s) pessoa(s) com quem vai partilhar a pasta. O email tem que ser o email que a pessoa com quem vai partilhar a pasta utiliza para fazer logjn no Dropbox. Confirme estes dados e poucos momentos depois, o outro utilizador, se reparar, no canto superior direito do seu Dropbox online, na “Inbox”, deverá ter uma mensagem por ler.

capturaecra-dropbox-home-secure-backup-sync-and-sharing-made-easy-mozilla-firefox

A mensagem deverá ser o seu convite, e depois de aceite, na sua pasta Dropbox, no seu gestor de ficheiros, poderá ver uma nova pasta, com o nome da pasta partilhada. Apenas você e a pessoa com quem partilhou terão acesso a esta pasta.

Ao arrastar ficheiros para essa pasta, verá que ficam com um pequeno ícone, de duas setas, dando a ideia que estão a rodar em torno de si próprias. Isto significa que está a ser feito o upload do ficheiro para a web e posteriormente para o computador da pessoa(s) com quem partilhou ficheiros. Quando as tais setas se transformar num visto, o upload do seu ficheiro estará concluído. Mesmo que a outra pessoa não tenha o computador ligado à internet, quando o ligar o Dropbox verificará se existiram mudanças e tratar de colocar o ficheiro, como dizia o outro, certinho, direitinho, na pasta.

O Dropbox não impõe qualquer limitação ao tipo de ficheiros, pode partilhar flmes (legais ou ilegais), músicas (legais ou ilegais !), documentos, fotos, tudo, desde que não exceda o espaço de 2 GB. Por falar em espaço, pode aumentar o seu fazendo convites, através da página principal do Dropbox online. Pode fazer apenas 4 convites, e por cada registo ganha um espaço extra de 250 mb, atingindo depois o limite máximo de 3 GB (existe também um plano pago que oferece 50 GB, por cerca de 10 dólares/mês).

Dropbox, sincronize-se!

Como poderá ver, na interface web, na página principal, terá um resumo da sua conta Dropbox, inclusive uma espécie de cronografia de tudo o que fez na sua conta, e as suas pastas partilhadas, podendo realizar acções básicas nos ficheiros, como remover e mover ficheiros. É possível também fazer uploads directamente a partir do Dropbox online, bastando clicar em “Upload” e escolher um ficheiro. Chegado a casa, ligado o computador à Internet, terá o ficheiro na sua pasta Dropbox ou numa qualquer pasta que tenha escolhido para o ficheiro (pode criar várias pastas para organizar os seus ficheiros, dentro da pasta Dropbox, nenhuma delas será sincronizada ;-).

capturaecra-dropbox-home-secure-backup-sync-and-sharing-made-easy-mozilla-firefox-2

O contrário também funciona, colocar ficheiros na pasta, aceder via web ao Dropbox noutr computador e de seguida fazer download do ficheiros para esse computador, através de um clique-duplo.

Na aba “Account”, poderá ter acesso a uma série de informações sobre a sua conta, como estatísiticas, os computadores de onde acede, a plataforma a que pertencem e ainda o IP. Podem também configurar dados gerais da conta, como a password, se quer ou não ser íncluido nas novas versões do Dropbox ou se quer receber e-mail da equipa Dropbox, entre outras coisas relacionadas.

Dropbox, trabalho colaborativo e recuperação de ficheiros!

Imagine que partilha um ficheiro com um colega de trabalho. Um trabalho que têm que efectuar juntos. O colega abre o ficheiro, altera, grava e automaticamente ficará gravado no seu computador. Mesmo que seja apenas alterado um acento, fica gravado. Dá bastante jeito, apesar de não ser tão instantâneo como o Google Docs, mas ambos têm diferentes âmbitos.

capturaecra-my-navegador-de-ficheiros

E agora, imagine que faz uma alteração e,grava, e quando repara o seu documento, aquele documento de tantas horas de trabalho, está completamente arruinado. Não se preocupe, na sua pasta partilhada, clique com o botão direito no ficheiro » Dropbox»Revisions. Abrirá uma janela no seu browser com detalhes sobre todas as versões que foram sincronizadas, podendo, através de um duplo-clique, fazer download da versão que desejar.

capturaecra-dropbox-revisions-secure-backup-sync-and-sharing-made-easy-mozilla-firefox

Dropbox, galeria de imagens!

Confesso que não uso esta funcionalidade, pois tive a estupidez de apagar a pasta Photos à um tempo atrás. Mas pelo que vi, ao arrastar imagens para a pasta Phootos, que é criada automaticamente com a instalação do Dropbox, permite criar galerias de imagens e enviar um link com todas as fotos dessa galeria. Parece fantástico, a ver pelas imagens. Talvez vá reinstalar o Dropbox só por esta função :-)

phoytogallery(obrigado ao simpático desconhecido a quem pertence esta galeria :-D)

Dropbox, faça uploads de imagens!

Confesso que esta é uma das funcionalidades que mais gosto no Dropbox, para mim das mais úteis. Lembram-se da pasta “Public”? Essa pasta serve para partilhar ficheiros com pessoas que não usam o Dropbox.

capturaecra-dropbox-navegador-de-ficheiros

Vamos tomar o exemplo de uma screenshot no Ubuntu. Depois de tirar a screenshot, temos a opção de escolher a pasta em que queremos guardá-la. Por força do hábito, o meu Ubuntu já sabe no que toca a screenshots são para guardar na pasta Public.E de seguida, vou à pasta Public, e entretanto a minha imagem já está no servidor do Dropbox. Clicono botão direito sobre a imagem » Dropbox » Copy Public Link, e depois, um simples “Colar” ou Ctrl+V, dará um link directo para a imagem a quem quiser mostrar. Ou seja, automaticamente o upload da imagem é feito para o servidor, e está disponível em menos de nada ( não tenho nada a declarar quanto à velocidade dos servidores do Dropbox, perfeitamente aceitável!), sendo o link directo para a imagem. Um ImageShack, HDD, directamente na sua pasta pessoal.

capturaecra-1

Só para tomar como um exemplo, eu no Ubuntu, desde o momento em que tiro uma screenshot e o momento em que tenho o link dela, não devem passar mais de 10-15 segundos. Rapidíssimo, não?

Claro que isto funciona também para vídeos (entenda-se, filmes), imagens em geral, documentos, sempre botão direito»Dropbox»Copy Public Link, e, no caso de vídeos e documentos, é um link directo para download.

Aqui fica o link da imagem inicial deste artigo: http://dl.getdropbox.com/u/794944/dropbox.png

Dropbox, começe o download de um torrent remotamente!

Sim, leu bem! Com o Dropbox e uma simples configuração no seu cliente Bittorrent, desde que o seu computador esteja ligado à Internet e o cliente Bittorent ligado também, poderá começar o download de um torrent, para que esteja pronto assim que chegar a casa! Um dia no trabalho, chegado a casa, ter um filme pronto a ver, que mais se pode querer?

capturaecra-dropbox-navegador-de-ficheiros-1

O processo é básico: Começemos pelo cliente Torrent. No meu caso, uso o Deluge, tenho apenas que ir ao menu Editar»Preferências»Transferências»(marcar) Adicionar automaticamente .torrents de e escolher uma pasta, neste caso uma pasta que criei no meu Dropbox com o nome Torrents.

O que é isto? É uma funcionalidade de uma esmagadora maioria dos clientes BitTorrent que “vigia” certa pasta, e sempre que for adicionado um .torrent, o download começará automaticamente. A configuração em outros clientes torrent deverá ser muito semelhante, e senão conseguir, pela ajuda nos comentários ou então uso o salva-vidas da Internet, o Google ;-)

capturaecra-preferencias

O segundo passo é mesmo, estando nós num outro computador, acedermos à interface web do nosso Dropbox, e, depois de termos o (mínimo!) ficheiro .torrent nesse computador, fazermos upload dele e movermos para a pasta que temos sobre vigia, no meu caso “Torrents”! Nada de mais, ou é?

Dropbox, sempre a inovar!

Apesar de já ser um programa fantástico e com aplicações absolutamente surpreendentes, a equipa do Dropbox não pára e brevemente poderemos ver novas funcionalidades. São elas (segundo o site oficial do Dropbox):

Permissões em pastas partilhadas e contas de grupo

Streaming de vídeo

Sincronização dos ficheiros em modo P2P, ou seja, sincronização directa entre os computadores, ao invés do que acontece actualmente, em que o servidor do Dropbox é um “intermediário”.

Inclusão de uma timeline que permite, por assim dizer, andar para trás no tempo

Ver quando um ficheiro é aberto noutro computador

Tags nos ficheiros

Disponibilização de uma API para o desenvolvimento de programas que maximizem ainda mais as capacidades do Dropbox

Possibilidade de esconder ficheiros em pastas partilhadas

Possibilidade de, no Windows, o Dropbox funcionar como um disco rígido

ft014

(Agora supondo, talvez integração com serviços como o Flickr e outros de partilha de imagens)

Algumas surpresas que a equipa do Dropbox se recusa a revelar…

É um ponto a favor também do Dropbox que sempre que existem modificações nas nossas pastas do Dropbox aparece uma pequena notificação (com as notificações do Ubuntu 9.04 o efeito é… simplesmente BOM!)

Com o Dropbox pode ainda efectuar diferentes truques como sincronizar os seus marcadores do Firefox, a sua pen drive, os marcadores do Safari, “saves” de jogos, estar com várias contas ao mesmo tempo ligadas, controlar remotamente o seu computador, hospedagem de websites, hospedar uma wiki e muito mais. Não posso falar de todas aqui, senão teríamos artigo para uns bons dias, mas podem ver todos os tutoriais aqui.

E claro, como todos os bons programas do dia de hoje, suporta addons (específicos para plataformas e outros para todas as plataformas). Vejam aqui.

Dropbox, sincronize, partilhe, faça download, faça upload, aceda, recupere, trabalhe,hospede, controle, ganhe o Euromilhões… Eeeer, acho que essa do Euromilhões ainda não está implementada, mas deve ser das poucas coisas que ainda não faz! Mas realmente, não sei como ainda não a incluíram no programa. Vou sugerir ;-)

dropbox-logo




Este artigo foi escrito por em 07 Abr, 2009, e está arquivado em Análises, Dicas, Downloads, Internet, Linux, Mac, Novidades, Outros, Utilitários, Web. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
13 comentários em “Dropbox – Tudo o que sempre quis de um programa…”
  1. Não consegui colocar espaçamento entre os parágrafos no artigo, não sei porquê, vou tentar corrigir, mas primeiro vou ao almoço :D

  2. Igor Mendes diz:

    muito completo e perfeitamente claro! por acaso não conhecia o serviço, mas conseguiste despertar a vontade de conhecer!

    Parabéns!

  3. "O email tem que ser o email que a pessoa com quem vai partilhar a pasta utiliza para fazer logjn no Dropbox." – Este foi um dos motivos que me fez deixar de utilizar este serviço. O meu objectivo era apenas facultar 1 link para poder partilhar umas fotos, sem que as pessoas que o recebessem tivessem que efectuar o login no serviço.

    Ao continuar a ler o artigo, pareceu-me que afinal essa funcionalidade existe, a julgar pela frase "Claro que isto funciona também para vídeos (entenda-se, filmes), imagens em geral, documentos, sempre botão direito»Dropbox»Copy Public Link, e, no caso de vídeos e documentos, é um link directo para download.".

    De qualquer modo, desde essa situação que descrevi, passei a usar um serviço idêntico (não sei se é melhor ou pior), o syncplicity – http://www.syncplicity.com/

    Excelente artigo! :)

  4. ENORME! Parabéns mais um excelente artigo ;)

  5. Brilhante! Conseguis-te demonstrar de forma claro mas completa todos os recursos do dropbox!
    Parabéns!

  6. Brilhante! Conseguis-te demonstrar de forma clara mas completa todos os recursos do dropbox!
    Parabéns!

  7. Dany, não deixas nada em mão alheias, mais simples é impossível…contimua o bom trabalho!

  8. Eh pá, depois de um artigo 7 estrelas como este, tu come, rapaz! ;)

  9. Como disse, este é 1 artigo 7 estrelas!
    Gostei particularmente da possibilidade de fazer download de torrents remotamente!
    Excelente! Estás a ficar um writer de primeira! ;)

  10. Artigo cheio de brilhantismo :)

  11. Rita Jesus diz:

    Muito bem, hoje já prendi mais uma coisa

  12. Ajudem na causa:
    Dropbox em português : http://on.fb.me/hbEGN0 #dropbox

  13. Bruno Paris diz:

    Espetacular!!!

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: