« Moonspell estreiam DVD no MySpace Investigadores europeus divulgam «mulas da Internet» »
07/12/2008
Escrito por em Mundo | 1.355 Leituras

A TMN apresentou um novo serviço móvel que permite transferir parte do valor dos carregamentos para uma instituição social.

A TMN apresentou um novo serviço móvel que permite transferir parte do valor dos carregamentos para uma instituição social.

O cartão recarregável Kazoo permite fazer reverter cinco por cento de todos os carregamentos efectuados para uma instituição de solidariedade e responsabilidade social à escolha.

Este cartão pode ser adquirido através do número 707 968 080 ou do site do serviço e a adesão ao serviço permite a portabilidade de um número de telemóvel que o utilizador já tenha.

Ao adquirir o cartão selecciona-se a entidade pretendida, a partir de uma lista de instituições (agrupadas por áreas temáticas) com quem foram estabelecidos protocolos específicos.

As comunicações dentro da rede Kazoo – baseada na rede da TMN – têm um tarifário de 0,05 até 0,10 cêntimos na voz (taxadas de 10 em 10 segundos após o primeiro minuto), de 0,25 cêntimos nos SMS e de 0,386 nos MMS, sendo de 0,125 a 0,25 cêntimos para outras redes.

O cartão custa 10 euros, incluindo esse valor em chamadas (cinco euros de saldo inicial e cinco euros no primeiro carregamento de valor igual/acumulado de 10 euros).

Segundo a operadora, este serviço contempla ainda um bónus de 10 por cento do valor carregado durante seis meses após a activação ter sido feita.

Para manter o cartão activo apenas é necessário efectuar um consumo (uma chamada ou uma mensagem escrita paga) de 120 em 120 dias.

A TMN afirma que este serviço «inclui exactamente os mesmos serviços» disponibilizados pela operadora através da marca UZO ou das co-brands Benfica Telecom e Dragão Mobile, como a identificação de chamadas, o SMS, o MMS, o roaming e o voice mail.

Fonte: Bit
Homepage: Kazoo

Este artigo foi escrito por em 07 Dez, 2008, e está arquivado em Mundo, Notícias, Telemóveis. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: