« Zon vai acabar com serviço de páginas pessoais dos clientes Migre os seus dados para outra máquina sem perder informação (e tempo!) »
15/05/2009
Escrito por em Nacional | 5.490 Leituras

Apesar de não ter passado no Parlamento Europeu, o Movimento Cívico Anti-pirataria na Internet – MAPiNET quer que Portugal adopte legislação que permita cortar o acesso Internet a “piratas”, ou seja, quem descarrega conteúdos ilegal. A ideia é baseada na legislação francesa que foi aprovada na segunda feira.

portugal_pirataria

O movimento explicou esta tarde os seus objectivos em conferência de imprensa, defendendo a aplicação de uma “solução de resposta gradual à pirataria na internet”, que acredita pôr em causa a subsistência dos criadores e das indústrias culturais.

“Se isto continuar, os próprios consumidores serão altamente lesados a nível da oferta cultural que terão daqui a alguns anos porque todos os agentes que vivem da propriedade e dos conteúdos culturais vão desistir”, explica Tó Zé Brito, assessor da Sociedade Portuguesa de Autores que também participa nesta conferência.

A solução defendida pelo MAPiNET passa pela aplicação à legislação portuguesa de normas que permitam a uma autoridade administrativa cortar o acesso à Internet caso os utilizadores persistam no download de conteúdos ilegais e ignorem os dois avisos prévios de alerta.

Recorde-se que no Parlamento Europeu a questão que levantou maior polémica, e acabou por impedir a aprovação da legislação, estava relacionada com o envolvimento ou não de uma autoridade judicial na decisão de cortar o acesso Internet. Os responsáveis do MAPiNET dizem agora que isto significa que o Parlamento Europeu não exclui a possibilidade de aprovar a nível europeu uma solução similar à francesa.

Em comunicado o movimento contesta também as recentes declarações do Ministro da Cultura. Segundo citação do Jornal de Notícias, António Pinto Ribeiro recusa a ideia de que Portugal venha a poder adoptar uma solução contra a pirataria, que não envolva “uma decisão judicial”.

O MAPiNET acrescenta ainda que “José António Pinto Ribeiro proferiu declarações surpreendentes, dizendo que fazer downloads de música e filmes na internet é como apanhar uma nota de banco caída no chão afirmando ser contra qualquer solução deste tipo, por considerar censório o seu teor”.

 Fonte: TeK

Este artigo foi escrito por em 15 Mai, 2009, e está arquivado em Nacional, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
9 comentários em “MAPiNET quer cortar Internet aos piratas em Portugal”
  1. estes srs andam à procura de inimigos…LOL e acho que vão no bom caminho!

  2. offtopic: já era para dizer isto na artigo anterior mas digo-o agora ESSA IMAGEM É LINDA!!!

  3. se fosse a ele , acabava era com a net d uma x , pq aos bocados e o k kerem

  4. Canelas diz:

    Se acabassem cm a pornografia infantil e a pedofilia tinham + juizo.

  5. querem livrar se de coisas minimas para esconderem as maiores viagarisses

  6. Realmente têm toda a razao… Existem casos bem mais graves que acontecem na internet e eles mal se preocupam com elas… Basta um pais ter uma ideia que querem todos ir logo a traz…

    Porque nao pensar primeiro em tentar baixar os preços multimédia???

    Eu pessoalmente antes quero produtos originais do que piratas mas com os balurdios que levam por jogos e até mesmo cd's musicais que em outros paises mais desenvolvidos sao mais baratos… Acho que nao se justifica mesmo!!!! Mas cada um tem a sua opiniao, e esta e a minha!!!

  7. Ja para nao falar de que as empresas de Internet têm maiores lucros a custa dos "piratas" pois sao estes que necessitam de mais trafego xD

  8. "Apesar de não ter passado no Parlamento Europeu " qual é a parte que os tipos da MAPiNET não percebem??

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: