« Ubuntu 9.10 “Karmic Koala” Final disponibilizada Recuva 1.32.444 »

Portugal vai realizar, em Janeiro do próximo ano, o primeiro leilão para atribuição de licenças para oferecer o acesso directamente ao público de serviços de Internet, telefone fixo ou móvel. Em jogo estão vários lotes e, se todos forem atribuídos pelo preço de licitação, o encaixe será de 5,8 milhões de euros que vai reverter para o Estado, de acordo com a edição desta sexta-feira do «Jornal de Negócios».

No entanto, José Ferrari Careto, da ANACOM, entidade reguladora do sector, avançou ao diário que o leilão pode não atingir valores tão elevados, devido a factores como «o baixo valor da base de licitação, a divisão geográfica dos lotes e o facto das frequências serem atribuídas a quem oferecer melhor preço, mas que paga o segundo preço mais elevado».

De fora ficam, para já os grandes operadores, com licenças móveis (como a Sonaecom e a Vodafone) ou com posição dominante (Portugal Telecom). Isto porque a ANACOM quer dar prioridade a empresas mais pequenas, como câmaras municipais ou colectividades. Os restantes operadores poderão entrar no leilão numa segunda fase.

Até 17 de Dezembro decorre a fase de qualificação e em Janeiro de 2010 será realizado o leilão.

Fonte: Agência Financeira

Este artigo foi escrito por em 30 Out, 2009, e está arquivado em Nacional, Notícias. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
3 comentários em “Leilão para fornecer Internet de banda larga pode render 5,8 milhões ao Estado”
  1. mas porque uma fotografia de Londres ?

  2. nao me importava que viesse no friday relax :D

  3. nao me importava que viesse O friday relax

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: