« iTunes Password Decryptor, para recuperar a sua palavra-chave do iTunes Dar uma vista de olhos…a esse software! »
14/01/2011
Escrito por em Mundo | 2.716 Leituras

Tanto o Rapidhsare como o Megaupload são actualmente os site-reis dos uploads e downloads de ficheiros, sejam eles conteúdos de carácter legal ou não, o que acabou por levar a RIAA, a MPAA e outros de grupos de pressão europeus anti-pirataria a fazer acusações fortes sobre a legalidade dos serviços das respectivas empresas. 2011 não será concerteza um ano fácil para ambas empresas que contam com mais de 100 milhões de utilizadores em todo o mundo…

A batalha legal promete, pois com um crescimento que já supera a utilização de redes peer-to-peer como o BitTorrent, era de supor que mais dia menos dia esta situação viesse a acontecer. Mas as respostas não se fizeram sentir e o Rapidshare riposta em primeiro lugar de forma pública, tendo já levantado um processo por difamação à empresa MarkMonitor que declara o Rapidshare como a principal proprietária de pirataria digital.

Para não ficar atrás, o Megaupload, concorrente directo do Rapishare, acaba por publicar um comunicado onde entre várias questões refere-se ao facto de ser um serviço de conectividade entre utilizadores e armazenamento na nuvem, insinuando que de pirata não tem nada, ao contrário de empresas como o Google que provavelmente possui o maior index de conteúdos pirata do Mundo e que passa impune aos olhos de todos.

A verdade é que torna-se quase impossível um controlo efectivo dos conteúdos enviados, ainda para mais se tivermos em conta a quantidade de informação que é enviada a cada minuto que passa. As empresas de alojamento invocam ainda o facto de agir com rapidez para processar um pedido de eliminação de um conteúdo ilicito e que sempre cooperaram com os detentores de direitos e agentes da lei, prestando-lhes o acesso directo à remoção em tempo real.

A polémica está instaurada, temos apenas que esperar os resultados deste combate de gigantes colossais!

Este artigo foi escrito por em 14 Jan, 2011, e está arquivado em Mundo, Notícias, Websites. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
2 comentários em “Rapidshare e Megaupload começam o ano com pé esquerdo…e acusações!”
  1. A semana passada, a Rapidshare ganhou mais uma disputa; desta vez contra a Atari.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: