« Personalize as definições do windows como quer CCleaner, o mago das «limpezas» volta de novo… »
28/01/2010
Escrito por em Destaques | 8.211 Leituras

É certo que cada vez há um evento da Apple, o mundo tecnológico entra completamente em suspense à espera que o SEO da Apple, Steve Jobs, anuncie sempre uma grande novidade capaz de revolucionar o mercado da electrónica de consumo. Como em todas as suas apresentações, também esta não decepcionou, com Steve Jobs a anunciar mais um novo gadget especial que não deseja ser apenas um iPod Touch XXL, deseja ser um “computador de sofá” para o entretenimento doméstico.

Como sempre, Steve Jobs foi o “Rei” da keynote, demonstrando com detalhe todas as funcionalidades presentes neste aparelho, muitas delas já conhecidas no iPhone/iPod Touch. Melhorando algumas tarefas-chave como a navegação na Internet, o acesso ao email e o entretenimento multimédia, onde podemos contar também com funcionalidades de leitura de livros em formato digital (eBook’s) e de produtividade (com o software iWork).

Jobs afirmou mesmo durante o evento que “os netbooks não são melhores a fazer nada […] apenas são portáteis baratos”, desprezando completamente o sucesso no mercado destes tipo de aparelho, uma mais valia para quem a mobilidade é indispensável a um preço bem mais em conta.

Falando do aparelho em si, o iPad é um Tablet PC com um ecrã LED multi-toque, resistente às marcas de dedadas, de 9,7 polegadas e uma resolução de 1024 x 768 pixels, com 24,3 centímetros de altura, 19 centímentos de largura e apenas 13,4 milímetros de espessura.

A Apple irá colocar no mercado mundial dois modelos diferentes, com três níveis de capacidade de armazenamento cada (16, 32 e 64GB em SSD). Será disponibilizado um modelo com ligação à Internet sobre 3G (através de contrato com operadora) e outro sem, apesar de ambos terem acesso à Internet através de Wi-Fi 802.11n e de possuírem ligações Bluetooth 2.1 + EDR. Outra novidade absoluta neste aparelho, é o seu processador. Ao contrário do que é utilizado nos iPhone’s, o novo iPad traz consigo um novíssimo processador de fabrico caseiro que “roda” a 1GHz, o Apple A4. Apostaria, neste momento, que este mesmo processador será escolhido para integrar a 4ª geração do iPhone.

Olhando rapidamente para a ficha técnica, observamos que o aparelho encontra-se equipado com acelerómetros, com bússola digital, A-GPS (sobre 3G), sensor de luminosidade, microfone, coluna de som e uma saída de áudio de 3,5mm.

Formatos de leitura:

  • Documentos Office: .doc e .docx (Microsoft Word); .htm e .html (páginas web); .key (Keynote); .numbers (Numbers); .pages (Pages); .pdf (Preview e Adobe Acrobat); .ppt e .pptx (Microsoft PowerPoint); .txt (texto); .rtf (rich text format); .vcf (informações de contacto); .xls e .xlsx (Microsoft Excel);
  • Imagens: .jpg, .tiff e .gif;
  • Música: AAC, Protected AAC, MP3, MP3 VBR, Apple Lowless, AIFF e WAV;
  • Vídeo: Codec H.264, .m4v, .mp4, e .mov

Tudo isto é acompanhado de uma bateria capaz de durar até 10 horas.

Tabela de Preços:

  • Sem 3G
    • 16GB – 499 dólares
    • 32GB – 599 dólares
    • 64GB – 699 dólares
  • Com 3G (preços que poderão ser mais baixos com os serviços de Internet móvel das operadoras)
    • 16GB – 629 dólares
    • 32GB – 729 dólares
    • 64GB – 829 dólares

A nível de aplicações e jogos, a Apple também referenciou no evento que qualquer aplicação actual para o iPhone e iPod Touch também será compatível com o novo iPad, não existindo problemas de compatibilidade devido às diferentes resoluções dos ecrãs. Isto quer dizer que das mais de 100 mil aplicações disponíveis, todas funcionarão no iPad.

A aplicação iWork para o iPad mostra que o dispositivo tem uma certa veia para o campo da produtividade, não deixando de fora a possibilidade de vender o aparelho como um dispositivo de trabalho que pode muito bem substituir um computador em algumas circunstâncias.

Como referenciei no inicio, este aparelho também irá ler livros em formato digital. Estes serão disponibilizados através da nova loja aberta no espaço iTunes, a iBookstore. Isto faz com que o iPad seja uma adversário sério para leitores de livros electrónicos como o Kindle (da Amazon) e outros aparelhos do género. Estes dispositivos, embora tenham vantagens para a leitura de textos longos (graças aos ecrãs a preto e branco de tinta electrónica), são leitores dedicados e praticamente não permitem outras funcionalidades que o iPad oferece.

A data de lançamento ainda não foi avançada pela Apple.

Homepage: Apple iPad | Vídeo da Keynote

Este artigo foi escrito por em 28 Jan, 2010, e está arquivado em Destaques, Gadgets, Novidades. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
15 comentários em “Apple iPad, mais do que uma simples criação, uma revolução”
  1. Lycanthrope diz:

    Sinceramente, não tenho pegado no iPad (obviamente)… acho que os netbooks são muito melhores que o iPad para actividades de produtividade não? Estão-se a imaginar a ir num comboio a trabalhar no iPad? Com o iPad no colo?

    1º Nem dá para ajustar o ângulo do ecrã;

    2º a parte de trás do iPad parece que pode escorregar mais facilmente no colo que um portátil ou netbook;

    3º A escrever, os netbooks tem mais ecrã a mostrar que o iPad porque não têm de levar com o teclado virtual

    Eu acho que o iPad, não está a concorrer com os netbooks… apesar do que o Mr. Jobs diz.

    Mesmo assim acho que vai redefinir o design e conceito dos tablets, sem dúvida. E é um bom gadget ;).

    Mas estava a espera que a Apple tivesse conseguido impor a possibilidade de handwriting no ecrã e aquilo assumir escrita de word… isso ainda não se fez e isso sim seria um grande avanço. Atenção, quando me refiro a handwriting, não me refiro a reconhecer caracteres isolados…

    Se o Mr. Jobs põe o iPad a concorrer com netbooks, acho o preço demasiado caro, tendo em conta o que a concorrência oferece (espaço de armazenamento, flash na net). O que ele tem de superior aos netbooks é a capacidade para jogos… mas sejamos sinceros, ninguém compra um netbook para jogos né? Tirando as crianças com o magalhães né? lol.

    Já me estendi de mais lol. Só frisar que isto é apenas a minha opinião. Sinceramente, achei o iPhone mais revolucionário para o campo dos smartphones que o iPad é para os tablets ou netbooks.

    Cumps

  2. Concordo com tudo o que disseste, também esperava mais do iPad.

    Mas pronto, um jailbreak futuro irá revolver alguns problemas, se bem que algumas funções tão desejadas ja deveriam ter sido introduzidas como o multitask.

    Mas o grande objectivo é integrar o iPad com a galinha dos ovos de ouro, a Appstore.

    Acho que quem fica a perder é a apple, que não motiva muito a aquisição de um iPod XXL.

  3. Qual será a previsão de preços para a Europa?

  4. sinceramente o iPad foi uma decepçao para tanta gente que contava com um OS Mac e realmente possui um iPhone OS nao tem flash e é praticamente um iPod touch 3G XL as funcionalidades sao praticamentes as mesmas tanto rumor na internet para isto…

  5. uau uma revolucao que nem tem multi tarefas…quero escrever um documento e pesquisar ou tar num cliente de mensagens instantaneas e nao da…relamente é fantastico…

  6. Alexandre Pinto diz:

    Revolucionário? De revolucionário não tem nada!
    É um iPhone gigante e precisamente por isso perde grande parte do valor.

    Uma utilização diária é exactamente igual á de um netbook. Tem de se carregar numa bolsa/mala. Para isso prefiro um netbook que tem mais capacidade, conectividade, teclado, multitask, webcam etc.

  7. eu pessoalmente, depois de tanta agitação, esperava algo melhor, mas não deixa de ser curioso.

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: