Artigos com a tag posição

A Microsoft ainda não conseguiu entrar no mercado móvel com o mesmo impacto que mantém no mercado dos PCs de secretária e/ou portáteis. A sua tentativa com o Windows Phone Series está ainda por provar os seus frutos. Mesmo com este insucesso, a empresa de Redmond consegue capitalizar com o sucesso dos outros. Veio a público o 10º acordo de patentes que a Microsoft conseguiu para fabricantes de equipamentos Android. Conheça mais números aqui!

17/10/2011
Escrito por em Destaques | LIDO 52 vezes

Os testes ao novo iPhone 4S continuam! Depois de termos publicado um video que dava conta do aumento de performance entre o novo iPhone e o seu antecessor iPhone 4, surgem testes à afirmação da Apple que o caso Antennagate é um caso do passado. Comprove aqui.

DesktopOK é um leve e eficaz programa que tem como função principal gravar e repor a posição dos ícones do seu ambiente de trabalho, sendo como uma solução perfeita para os utilizadores que frequentemente alteram a resolução do seu ecrã. Simples e prático são os adjectivos que melhor descrevem o programa.

16/03/2010
Escrito por em Nacional, Notícias, Websites | LIDO 52 vezes

Era de prever que, com a ascensão das redes sociais da forma actual, este dia chegasse mais cedo ou mais tarde. A página mais visitada dos EUA, o Google, foi ultrapassado pelo Facebook.

No site core77.com pode ler-se um óptimo (e longo) artigo onde um dos assuntos abordados foi qual seria a melhor posição para se utilizar um computador portátil. Muitas pessoas possuem diversos tipos de “complicações” relacionadas com a coluna (e não só) provocadas muitas vezes por posições incorrectas que são repetidas vezes sem conta. E como aqui no KeroDicas.com queremos o bem estar dos nossos leitores resolvemos apresentar este artigo!

2

15/05/2009
Escrito por em Mundo, Notícias, Programas | LIDO 52 vezes

firefox_and_internet_explorer

O Internet Explorer (IE), da Microsoft, vai chegar a 2011 com menos de metade do mercado de navegadores, caso continue com o actual ritmo de queda, avança uma estimativa da Net Applications.

No final de Abril, o browser perdeu 0,7%, registando uma participação de mercado de 66,1%, a nova marca mais baixa já atingida pelo software desde 2005, quando o ranking da consultoria começou a ser elaborado.