« Sharesidebar – Para criar uma barra lateral para o seu site! Test Drive Unlimited 2 ganha nova versão Closed Beta »
24/10/2010
Escrito por em Html | 3.155 Leituras

HTML é o acrónimo para “HyperText Markup Language” que significa em português “Linguagem de Marcação de Hipertexto” é uma linguagem de marcação utilizada para construir páginas web, esta linguagem é muito usada sendo considerada muitas vezes a “base-das-bases” para “programar” e construir qualquer página na web.

Assim, com base no breve resumo supra apresentado, o KeroDicas.com irá apresentar nos próximos tempos um conjunto de artigos, em forma de guia, que vos poderão ajudar ou incentivar a dar os primeiros passos nesta linguagem de programação para a web. Querem saber mais? Então tudo começa aqui…

Vejamos um pouco de história e as versões de html existentes e depois vejamos como utilizar esta linguagem…

Tim Berners-Lee criou o HTML original (e outros protocolos associados como o HTTP) em uma estação NeXTcube usando o ambiente de desenvolvimento NeXTSTEP. Na época a linguagem não era uma especificação, mas uma coleção de ferramentas para resolver um problema de Tim: a comunicação e disseminação das pesquisas entre ele e seu grupo de colegas. Sua solução, combinada com a então emergente internet pública (que tornaria-se a Internet) ganhou atenção mundial.

As primeiras versões do HTML foram definidas com regras sintácticas flexíveis, o que ajudou aqueles sem familiaridade com a publicação na Web. Actualmente a sintaxe do HTML é muito mais rígida, permitindo um código mais preciso. Através do tempo, a utilização de ferramentas para autoria de HTML aumentou, assim como a tendência em tornar a sintaxe cada vez mais rígida. Apesar disso, por questões históricas (retrocompatibilidade), os navegadores ainda hoje conseguem interpretar páginas web que estão longe de ser um código HTML válido.

A linguagem foi definida em especificações formais na década de 1990, inspiradas nas propostas originais de Tim Berners-Lee em criar uma linguagem baseada em SGML para a Internet. A primeira publicação foi esboçada por Berners-Lee e Dan Connolly, e publicada em 1993 na IETF como uma aplicação formal para o SGML (com uma DTD em SGML definindo a gramática). A IETF criou um grupo de trabalho para o HTML no ano seguinte, e publicou o HTML 2.0 em 1995. Desde 1996, as especificações HTML vêm sendo mantidas, com o auxílio de fabricantes de software, pela World Wide Web Consortium (W3C).[1] Apesar disso, em 2000 a linguagem tornou-se também uma norma internacional (ISO/IEC 15445:2000). A última especificação HTML lançada pela W3C foi a recomendação HTML 4.01, publicada no final de 1999. Uma errata ainda foi lançada em 2001.

Desde a publicação do HTML 3.5 no final de 1997, o grupo de trabalho da W3C tem cada vez mais — e de 2002 a 2006, de forma exclusiva — focado no desenvolvimento do XHTML, uma especificação HTML baseada em XML que é considerada pela W3C como um sucessor do HTML.[2][3][4] O XHTML faz uso de uma sintaxe mais rigorosa e menos ambígua para tornar o HTML mais simples de ser processado e estendido.

In Wikipedia

Versões do HTML

Sem entrar em mais histórias, o HTML usado actualmente é a versão 4.01, que apareceu a 24 de Dezembro de 1999, trazendo apenas umas pequenas mudanças no html 4.0

Outra versão de html muito usada é o html5 mas esta por agora fica arrumada até apreendermos o bom e velho modelo de html 4.01.

Então e como poderei criar html?

Num próximo artigo iremos começar a apreender HTML…

Próximo Tutorial de HTML

Índice do Tutorial

Este artigo foi escrito por em 24 Out, 2010, e está arquivado em Html, Tutoriais. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.

Todo e qualquer texto publicado (posts e/ou comentários) na Internet através deste sistema não reflecte, necessariamente, a opinião deste blog ou do(s) seu(s) autor(es). Os utilizadores que optarem por escrever um comentário no campo apropriado para tal comprometem-se, por sua vez, a não transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista, textos que sejam ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou viole a legislação em vigor no país. +Informações na página de Termos & Condições de Utilização.

Artigos Relacionados
2 comentários em “Html, o que é?”
  1. Excelente!
    Apesar de já ter umas noções e de já ter seguido uns quantos guias para aprender Agáh-Têh-Éme-Éle (e não Hotmail, que é imediatamente a primiera coisa que o acrónimo nos lembra, eu incluído :P), iniciativas destas são sempre positivas e louváveis!
    Vou seguir com atenção ;)

  2. Gilmar Coimbra diz:

    Ahhhh, só no próximo post?
    – Para os leigos, como eu, é mais uma ótima opção para aprendermos de vez “essa coisa”!
    Vamos ver se os posts virão na medida e altura de “iniciantes”!
    Grato!

    Sucesso!

Deixe o seu comentário

(obrigatório)

(obrigatório e não será publicado)



:wink: :-| :-x :twisted: :) 8-O :( :roll: :-P :oops: :-o :mrgreen: :lol: :idea: :-D :evil: :cry: 8) :arrow: :-? :?: :!: